05/11/19 | 19:30
Projeto ‘Manaus Internacional Integrando Culturas’ é apresentado em congresso

A Prefeitura de Manaus participou nesta terça-feira, 5/11, do 18º Congresso Brasileiro de Professores de Espanhol, realizado pela primeira vez em Manaus. A rede municipal de ensino é referência no Brasil com o projeto “Manaus Internacional Integrando Culturas” nas escolas que atendem alunos venezuelanos e indígenas da etnia warao. O evento acontece na Universidade Federal do Amazonas (Ufam), no Coroado, zona Leste, e segue até esta quarta-feira, 6.

O congresso é realizado por meio de uma parceria entre a Faculdade de Letras, da Ufam, a Secretaria Nacional das Associações de Professores de Espanhol (Senacape) e a Associação de Professores de Espanhol do Estado do Amazonas (APE-AM) e tem como objetivo proporcionar uma reflexão sobre os rumos e as perspectivas para o ensino do idioma espanhol no Brasil.

O projeto “Manaus Internacional Integrando Culturas”, coordenado pela Secretaria Municipal de Educação (Semed), teve início no ano de 2016, em parceria com o Consulado da Colômbia e a Faculdade de Letras da Ufam. O estudo do idioma não faz parte do currículo oficial da secretaria, mas é trabalhado em sete escolas da rede municipal, que atendem mais de dois mil alunos estrangeiros.

Para a subsecretária de Gestão Educacional da Semed, Euzeni Araújo, a inserção da língua espanhola na rede municipal de ensino, por meio dos projetos “Manaus Internacional Integrando Culturas” e o “Ampliando Horizontes” e ainda o “Bolsa Idiomas”, refletem o cuidado do prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, em acolher as crianças filhas de refugiados em busca de melhores perspectivas de vida, e também quem deseja se inserir no mercado de trabalho, e busca um diferencial no currículo.

“Nós fomos convidados para apresentar o nosso método de trabalho com o idioma espanhol no congresso, que recebe pessoas de vários lugares do Brasil e de outros países. Mesmo não fazendo parte do currículo da Semed, compreendemos que ensinar um idioma é fundamental para o processo de inclusão de todos, conforme as orientações do prefeito Arthur Virgílio Neto, que é um dos principais apoiadores e entusiastas desses programas”, comentou Euzeni.

O cônsul da Colômbia em Manaus, Jose Gilberto Rojas Florez, destacou a importância da parceria com a Prefeitura de Manaus, por meio da Semed. “Essa parceria é muito produtiva, porque permite que o consulado divulgue a cultura colombiana e o ensino espanhol nas escolas da rede públicas municipais. Apoiamos todas as ações desenvolvidas por elas”, disse Florez.

O finalista do curso de Letras, com habilitação em Espanhol, da Universidade de Alagoas (Ufal), Iago Espindula, ficou impressionado com a forma como o idioma espanhol é trabalhado nas escolas e acredita que Manaus pode ser exemplo para outras cidades. “Achei as apresentações muito importantes. Eu que vim de outro Estado, fiquei surpreso com a forma como é tratada a língua espanhola nas escolas municipais de Manaus. Em Alagoas vivemos uma outra realidade, não temos apoio do Estado. Manaus me surpreendeu e acredito que deveria ensinar para outros lugares como incluir esse idioma na aprendizagem dos alunos”, avaliou Iago.

— — —

Texto – Érica Marinho / Semed
Foto – Érica Marinho / Semed

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054