17/06/20 | 16:34
Projeto grava vídeo para homenagear professores e reforçar o combate ao trabalho infantil

Uma batalha de heróis para salvar o programa “Aula em Casa” de vilões que querem prejudicar estudantes. Este é o roteiro de um vídeo elaborado pelo projeto “Caravana da Educação Infantil”, da Prefeitura de Manaus, para exaltar o trabalho realizado pelos professores da rede municipal de ensino, durante o período em que as aulas presenciais estão suspensas, por conta da prevenção à Covid-19, e também para alertar pais e alunos sobre o combate ao trabalho infantil.

A proposta da Divisão de Educação Infantil (DEI), da Secretaria Municipal de Educação (Semed), responsável pelo “Caravana da Educação Infantil”, é a de realizar um trabalho lúdico, que usa o jogo do faz de conta, para chamar a atenção das crianças. “A nossa intenção é sempre trabalhar as interações e as brincadeiras por meio do jogo simbólico e para isso contamos com a participação dos super-heróis, que conversam com as crianças durante as ações. Fazer um vídeo foi a maneira que encontramos de inserir a caravana nas atividades a distância, já que as aulas presenciais estão suspensas”, comentou Alexandre Romão, chefe da DEI.

Nesta terça-feira, 16/6, os personagens da caravana se reuniram no Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Fernando Trigueiro, localizado na zona Sul de Manaus, para gravar o vídeo em que os vilões Thanos e Coringa invadem a escola para acabar com o “Aula em Casa”. A intenção é deixar as crianças nas ruas, sem ter os direitos garantidos. Para isso, os vilões tentam capturar uma professora da unidade de ensino.

“O vídeo é uma homenagem aos professores da rede municipal de ensino, onde os heróis resgatam a professora, para que ela possa continuar ministrando as aulas a distância. No final, é ela quem ensina os heróis a derrotar os vilões. Também falamos sobre os direitos das crianças e como a educação é importante para combater o trabalho infantil”, explicou Alexandre.

A professora Clijes Ramos, que participou das gravações, deu detalhes da ação. “O convite surgiu porque tenho um perfil no Instagram, onde faço algumas atividades lúdicas para os alunos e foi por isso que o professor Alexandre me chamou para participar. Nesse momento de pandemia, essas ações prendem a atenção dos alunos e assim conseguimos passar a mensagem que queremos, de forma simples e lúdica”, pontuou.

Assim que a edição for finalizada, o vídeo será publicado no YouTube, nas redes sociais da caravana e estará à disposição dos professores e das escolas para enviar aos pais e alunos. A ideia da DEI é alcançar entre 25 mil e 30 mil crianças.

— — —

Texto – Alexandre Abreu / Semed

Fotos – Divulgação/ DEI

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação