23/06/15 | 14:16
Projeto Família na Escola chama pais de aluno para dentro da sala de aula

A aula na manhã desta terça-feira, 23, na Escola Municipal Leonor Uchôa, bairro São José, zona Leste, foi bem diferente do que costuma ser. Aproximadamente 90 alunos do 1º ano compartilharam o momento didático com pessoas muito especiais: os pais e responsáveis. É o projeto Família na Escola, criado como instrumento de aproximação entre o ambiente escolar e familiar, com a intenção de melhorar o desempenho e rendimento dos alunos.

“Nós percebemos que precisávamos fazer algumas ações para melhorar o rendimento dos alunos. Então, reunimos com os professores e pensamos em trazer os pais para dentro da escola, para que eles conheçam como é a metodologia do professor com a criança. Assim, o pai fica conhecendo o que, de fato, o filho dele precisa para melhorar”, explica Ilenilda Felipe, diretora da unidade. Ela tem convicção que os resultados do novo método virá a curtíssimo prazo: “Isso vai melhorar a relação escola x família e, consequentemente, melhorar o rendimento e avaliações nos próximos bimestres”, afirma.

O projeto será ampliado e atenderá, também, os estudantes do 2º e 3º ano do Ensino Fundamental. As aulas com os pais estão programados para agosto, após o recesso escolar.

Ideia aprovada

A experiência foi aprovada pelos pais e alunos. Em uma das classes do 1º ano, Marineide Alves acompanhava a interação da filha, Karla Thaíse, de 6 anos, na aula. A menina tem fama de tímida, mas ao lado da mãe teve um novo comportamento, amparada na segurança proporcionada pela presença da mãe. E o seu empenho foi motivo de orgulho. “Foi um momento único. Foi ótimo acompanhá-la e confesso que aprendi bastante sobre o dia a dia dela, porque a gente fica em casa e não sabe o que se passa na escola. Agora eu vou poder ensiná-la conforme a professora ensina aqui na sala, já sei como é o jeito”, observou a mãe Marineide. “Eu gostei, porque eu amo muito minha mãe”, afirmou Karla.

Para Juliana Santos, mãe da Isabelle, a experiência de participar da aula teve mais ingredientes um ingrediente de emoção. Ex-aluna da escola, ela andou pelas dependências da escola com um gostinho de saudades. “Além de estar aqui com a minha filha, pude relembrar minha infância. Reencontrei algumas professoras da minha época. A diretora é a mesma da minha época. Foi muito bom para mim e para minha filha esse momento”, disse.

 

Texto: Thiago Botelho

Foto: Divulgação

 

Assessoria de Comunicação

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

(92) 3632-2054