07/06/19 | 13:23
Projeto ‘Eu acredito em você’ reúne pais de alunos para combater indisciplina e infrequência escolar

Aproximadamente 120 responsáveis por estudantes de escolas da rede municipal de ensino participaram da abertura do projeto “Eu Acredito em Você”, que aconteceu na manhã desta sexta-feira, 07/06, na Escola Municipal Paulo Graça, no Parque das Laranjeiras, zona Centro-Sul de Manaus. Nesse primeiro encontro de 2019, estiveram presentes assessores do Centro Municipal de Atendimento Sociopsicopedagógico (Cemasp) Polo 1 e do Conselho Tutelar.

Além desse encontro, outras duas unidades de ensino vão receber o projeto, que tem como objetivo estabelecer um diálogo com os familiares sobre problemas no acompanhamento escolar, indisciplina, infrequência e outros problemas que aconteceram com alguns alunos.

Essa é uma ação preventiva que a Divisão Distrital Zonal Sul (DDZ Sul), da Secretaria Municipal de Educação (Semed), realiza bimestralmente, desde 2016, para melhorar o desempenho dos estudantes.

O gerente pedagógico da DDZ Sul, Anderson Clay, apontou que essa ação tem como orientação o tema do ano letivo da Semed: ‘Família e escola: todos responsáveis uns pelos outros’. “O intuito desse trabalho é aproximar o pai da escola, de acordo com a perspectiva da Semed de escola x comunidade, estamos motivando essa aproximação para garantir melhoria nos resultados dos estudantes”.

De acordo com a assessora pedagógica do Cemasp, Helen Lins, o trabalho desenvolvido pela Semed é de conversar e buscar orientar os pais para tentar solucionar algumas situações que possam vir a comprometer o pleno desenvolvimento do processo de ensino e aprendizagem.

“Quando é detectado que existe alguma dificuldade no desenvolvimento da criança, os assessores (do Cemasp) vêm à escola examinar se há a necessidade de intervenção junto às famílias. Esta atividade é voltada para pais, em que identificamos crianças com dificuldades no acompanhamento da família. A importância é o resgate dos alunos, mostrar para os pais que a família é importante na evolução do aluno, não somente a escola”.

Para o mecânico José Milson, pai de uma estudante do 2° ano do Ensino Fundamental, o encontro serviu para ele ficar atento a certas atitudes que tinha. “Muito bom o encontro, não só por chamar atenção dos pais, mas para orientar o que devemos fazer, aconselhando. De manhã, minha filha acorda e às vezes não quer ir para aula. A partir de agora, eu vou ter mais cabeça para falar para ela que ela precisa ir”.

Texto: Alexandre Abreu
Fotos: Cleomir Santos/ Semed

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054