24/02/14 | 17:33
Projeto Cultura, Arte e Sustentabilidade realiza práticas de sustentabilidade a 10 escolas municipais

Uma aula diferente. Assim foi a manhã de 150 crianças da Escola Municipal Waldir Garcia, no bairro São Geraldo. Ao invés da sala de aula, os alunos foram para a quadra e a disciplina ministrada foi a preservação do meio ambiente. Sem cadernos e livros, o aprendizado foi por meio de dança, música, fantoche e teatro.

 A atividade faz parte do Projeto Cultura, Arte e Sustentabilidade realizado em parceria com o Ministério da Cultura e a Moto Honda, que está levando práticas sustentáveis para escolas públicas nas cidades de Campinas, São Paulo e Rio de Janeiro. Em Manaus, 10 escolas municipais foram contempladas pelo projeto. Além da atividade na escola, no turno da tarde os estudantes fizeram visita ao espaço sustentável montado pela empresa, no Shopping Ponta Negra.

 Foi criado o cenário chamado de ‘O mundo da preservação’. Nele, a história da Branca de Neve não tinha os anões e sim os latões, que eram jogados no rio por moradores mal educados. A Bela ao invés de adormecer, virou recicladora de lixo. De forma divertida, as crianças aprenderam a importância de preservar o meio ambiente.

 Para a diretora da escola, professora Lúcia Cristian Cortez, essa é a melhor forma de ensinar.

“Veja como eles nem piscam. Dessa forma, o aprendizado acontece de forma natural, pois eles nem têm vontade de conversar e gravam tudo o que está sendo ensinado”, disse.

 Prestando atenção em cada cena do teatro, a aluna Gabriela Teixeira, do 5º ano, disse que a partir de agora se tornará uma vigilante. Ela mora próximo do igarapé e ensinará os vizinhos que não se pode jogar garrafa e lixo no rio.

 “Eu aprendi que não podemos jogar lixo no igarapé, porque isso faz mal para nós mesmo. Aprendi também que tenho que reciclar o lixo e vou ensinar isso para os meus pais e vizinhos”, explicou.

 “Eu achei a peça muito engraçada e aprendi que com a garrafa posso fazer um chocalho, basta colocar um pouco de feijão dentro e brincar”, falou o aluno Diego Matos, de 10 anos.

Teoria e prática

O aprendizado adquirido através do Projeto Cultura, Arte e Sustentabilidade servirá para nortear as práticas ambientais a serem adotadas pela escola. A Waldir Garcia foi uma das 182 unidades de ensino da Semed selecionada pelo Ministério da Educação (MEC) a participar do Projeto Escola Sustentável e receberá do governo federal R$ 14 mil.

  “Esse projeto serviu para nos dar ideias do que iremos fazer quando a verba chegar. Penso em fazermos uma cisterna para coletar água da chuva e reaproveitar, vamos construir um jardim no entorno da escola, fazer coleta seletiva entre outras coisas”, disse a gestora.

Texto: Thiago Botelho

Fotos:  Cleomir Santos

Assessoria de Comunicação da Semed

Gisa Prazeres – 8842-1188 / 3632-2054