31/07/13 | 16:25
Programa ‘Palavra de Criança’ será implantado em Manaus

O programa ‘Palavra de Criança’, que inspirou o Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa do governo federal, será implantado na rede municipal de ensino. Isso porque a Secretaria Municipal de Educação (Semed) firmou uma parceria com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) para a realização do programa, que é desenvolvido em 180 municípios do estado do Piauí e na cidade de Sobral (CE). O programa foi apresentado pelo secretario de Educação, Pauderney Avleino, na manhã desta quarta-feira, 31, no auditório da Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM).

O ‘Palavra de Criança’ foi criado para ajudar os municípios a organizar estratégias eficazes de alfabetização de crianças, colaborando para que alcancem a meta estipulada pelo ‘Compromisso Todos pela Educação (MEC/PDE)’, de que todas as crianças até os 8 anos de idade estejam alfabetizadas.

Segundo o secretário da Semed, Pauderney Avelino, a parceria com o Unicef será uma ferramenta a mais na área pedagógica e, ao mesmo tempo, contribuirá para que problemas existentes no passado não se repitam.

“Essa parceria com o Unicef nos ajudará a identificar os problemas e, com isso, resolvê-los. Nessa parceria nós pedimos a presença do professor Rui Aguiar, que tem uma experiência fantástica na alfabetização de crianças e trabalhou na cidade de Sobral/Ceará e depois Teresina, onde o MEC (Ministério da Educação) foi buscar essa experiência para criar o programa Pacto Nacional pela Alfabetização”, afirmou o secretário.

Para o gestor de programas do Unicef, Rui Aguiar, a boa aceitação nos estados do Piauí e Ceará serão aplicadas em Manaus, para ajudar no processo de aprendizagem dos alunos da rede municipal.

“Esse foi um projeto que nós desenvolvemos a partir de uma experiência realizada no Ceará em 2004, onde foi identificado que quase a metade das crianças matriculadas no ensino fundamental não sabiam ler e escrever. A partir daí deu-se início a toda uma estratégia de como garantir que as crianças fossem alfabetizadas na idade certa, até aos oito anos de idade”, disse.

Rui acrescentou, ainda, que em 2008 o programa foi para o Piauí e está presente em 180 municípios. Segundo ele, o programa é bastante simples, começando pela formação dos professores, o acompanhamento dos educadores e a garantia dos 200 dias letivos, com a participação da família que acompanha o aprendizado das crianças, disse que a expectativa é de garantir o mesmo direito de aprender e estar alfabetizado na idade certa também em Manaus, a partir da própria experiência dos educadores da cidade.

O programa Palavra de Criança, que aborda o letramento e alfabetização dos alunos, consiste em três pontos básicos: a capacitação pedagógica a partir de seminários, a certificação ao final do ano letivo em que são realizadas avaliações com as crianças do 3º ano/2ª série do ensino fundamental e a Família ‘Educando Junto’, cuja atividade é extracurricular, que procura sensibilizar aos pais sobre o papel fundamental na educação das crianças.

Também participaram do evento os chefes de departamentos da secretaria e educadores das divisões distritais.