06/07/15 | 13:12
Programa Mais Cultura qualifica escolas da Semed

CS - 06-07-15 - Programa Mais Cultura. Aud ALEAM. Fotos Cleomir (7)Técnicos do Ministério da Cultura (Minc) estão em Manaus promovendo uma rodada de conversa para avaliar e qualificar as ações do Programa Mais Cultura nas Escolas do Amazonas. A Secretaria Municipal de Educação (Semed) participou do evento com representantes de dez unidades de ensino. O encontro aconteceu na manhã desta segunda-feira, 6, no auditório da Assembleia Legislativa do Estado (Aleam), no Parque 10 de Novembro, zona Centro-Sul.

O programa disponibiliza recursos de R$ 20 mil a R$ 22 mil, por meio do  Dinheiro Direto na Escola (PDDE), a 56 escolas públicas de Manaus.  O objetivo é fomentar ações culturais dentro do âmbito escolar e incentivar a educação integral, uma vez que as atividades fazem parte do Programa Mais Educação.

CS - 06-07-15 - Programa Mais Cultura. Aud ALEAM. Fotos Cleomir (2)“A nosso visita é para saber como está acontecendo o Programa aqui, no Amazonas. Como se deu o processo de desenvolvimento do plano de atividade cultural. Se teve interação com o currículo pedagógico da escola. Como foi o envolvimento da comunidade escolar e de seu entorno. Então, viemos nos aproximar de quem desenvolve as atividades. Queremos observar os projetos e debater a continuação do Programa Mais Cultura nas Escolas”, explicou Samira Bandeira, uma das coordenadoras nacionais do Programa Mais Cultura.

De acordo com a coordenadora municipal do projeto na Semed, Alcione Deodato, o objetivo do evento é aprimorar as ações do Mais Cultura em Manaus. “Estão diretores, pedagogos e representantes das escolas comtempladas pelo Programa e eles vão debater a melhoria das ações com o intuito de aprimorar os projetos, adequando cada vez mais as atividades à realidade de cada escola”, informou.

Apresentações

CS - 06-07-15 - Programa Mais Cultura. Aud ALEAM. Fotos Cleomir (1)Durante o evento, representantes da Escola Municipal Nossa Senhora das Graças, localizada no bairro Colônia Antônio Aleixo, zona Leste, apresentaram o projeto cultural Boi Menino. Na ocasião, em torno 30 crianças fizeram do local um minibumbódromo do município de Parintins. A apresentação contou com todos os itens do boi, entre eles, a Sinhazinha da Fazenda, Pajé, Rainha do Folclore, o pai Francisco e a mãe Catirina.

A pedagoga da escola Nossa Senhora das Graças, Geysa Nascimento, contou que o Boi de Menino nasceu em 2011, com o intuito de resgatar a cultura popular do Amazonas. Ela lembrou que antes do recurso do Mais Cultura, era difícil arrecadar verba para comprar as fantasias e investir nos monitores.

“Tivemos a oportunidade de inscrever o projeto no Programa Mais Cultura e isso foi extremamente importante, principalmente, pela questão dos recursos que são oferecidos. Com o Mais Cultura, nós conseguimos dar uma alavancada na questão da vestimenta, da indumentária dos alunos”, ressaltou.

Na entrada da sala onde o evento aconteceu, a Escola Municipal Ebenézer, localizada na zona rural de Manaus, expôs as fotografias captadas pelos alunos que integram o Projeto Visão Postal. A atividade também faz parte do Programa Mais Cultura e incentiva os estudantes a terem contato com a fotografia. Eles visitam locais históricos da cidade e fazem os registros fotográficos, que posteriormente compõem um painel fixado na entrada da unidade de ensino.

Programa

O Programa Mais Cultura é uma iniciativa interministerial firmada entre os Ministérios da Cultura (Minc) e da Educação (MEC) que tem por finalidade fomentar ações que promovam o encontro entre experiências culturais e artísticas em conformidade com o ambiente onde a escola está inserida e o projeto pedagógico da mesma.  É uma ação conjunta entre escola, artistas ou entidades culturais com o objetivo de aproximar as práticas culturais do processo de ensino e aprendizagem dos estudantes.

O Programa abriu inscrições em 2013 e 34 mil escolas de todo o país se inscreveram. Foram 14 mil projetos desenvolvidos e deste, cinco mil foram selecionados em todo o Brasil. “A proposta é reabrir as inscrições até o final deste ano e acreditamos que iremos para 10 mil escolas em todo o país, ou seja, iremos dobrar o número atual”, afirmou Samira Bandeira.

 

Texto: Thiago Botelho

Fotos: Cleomir Santos

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054