03/02/15 | 12:30
Professores da rede municipal prestigiam palestra do escritor Augusto Cury

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), promoveu palestra com o escritor Augusto Cury para servidores da rede municipal de ensino. O evento teve o objetivo de motivar e valorizar os servidores e fez parte da programação da semana de Abertura do Ano Letivo de 2015. A palestra foi no Centro de Convenções Vasco Vasques, em Flores, zona Centro-Sul.

“Faz parte do processo de motivar toda a equipe, de valorizar os educadores e tornar pública a abertura do ano letivo, um acontecimento em que toda a sociedade deve se mobilizar, pois, se não valorizarmos a educação, os professores e os alunos não serão valorizados. Nós queremos que a abertura do ano letivo seja um acontecimento, por isso temos várias programações, visando valorizar este momento”, relatou o secretário da Semed, Humberto Michiles.

Michiles destacou, ainda, que este ano todas as escolas da rede municipal de ensino devem começar as aulas no dia programado e com todos os professores nas escolas.

“A nossa meta que será atingida é de não ter o calendário especial este ano, calendário que acontecia por falta de estrutura ou falta de professor, que fazia com que algumas escolas começassem as aulas depois da abertura do ano letivo. Este ano, vamos começar com todas as escolas iniciando as aulas no dia programado e com todos os professores”, ressaltou.

Festejado pelo público presente, Augusto Cury, que é médico e doutor em psicanálise e já vendeu mais de 20 milhões de livros somente no Brasil, palestrou para os educadores sobre o tema: “Mentes Brilhantes – A Educação do Século XXI”. Cury informou que se os educadores aplicarem um terço do que foi apresentado na palestra, Manaus poderá ter no futuro, jovens que possam fazer a diferença na sociedade.

“Tivemos a oportunidade de estimular os professores a viajarem para dentro de si mesmos, proteger sua emoção, gerenciar seus pensamentos, enfim, libertar seu imaginário para terem qualidade de vida e qualidade no processo educacional. Nós estamos preocupadíssimos com o desenvolvimento da personalidade das crianças e adolescentes do mundo todo, dezenas de milhões de jovens estão adoecendo, desenvolvendo a depressão, fobia, timidez, insegurança, alienação social, uso de drogas, e nós não estamos estimulando as ferramentas mais importantes da inteligência para que eles se tornem autores da sua própria história”, disse.

Durante a palestra, Cury apresentou algumas metas para que os professores não ensinem apenas a sua matéria, mas algumas ferramentas para que os alunos tenham mais chances de serem saudáveis, críticos, felizes, empreendedores e protagonistas de sua própria história. “As ferramentas são: Aprender a pensar antes de reagir, aprender a se colocar no lugar do outro, aprender a trabalhar perdas e frustrações, proteger a sua emoção, gerenciar a sua ansiedade, e assim por diante. Se os professores aplicarem pelo menos um terço do que eu falei, nós vamos ter aqui em Manaus uma plateia de jovens com mais chances de ser saudável e fazer a diferença no teatro social”, informou.

A palestra foi aprovada pelos educadores, como destacou a gestora Carla Lasman. “Cury é um dos grandes incentivadores da educação no nosso país e tê-lo hoje aqui foi um grande incentivo. Ter essa palestra na abertura do ano letivo é uma motivação para que iniciemos o ano com muito mais afinco dentro da educação”, disse.

“Palestras sempre somam para o conhecimento e o doutor Augusto Cury é um exemplo, principalmente em gestão de pensamentos. Foi fantástico, pois isso faz uma grande diferença, não só para nível pessoal, mas para trabalhar com os alunos”, completou a professora Mônica Nunes.

 

TEXTO: João Pedro Figueiredo

FOTOS: Cleomir Santos e Rodemarques Abreu

 

Assessoria de Comunicação da Secretaria Municipal de Educação (Semed): 92 3632-2054