14/12/11 | 15:14
Professora da Esc. Mul. Thomas Meirelles receberá Prêmio Professores do Brasil (PPB), em Brasília

“Educação para o Trânsito na Escola: Uma questão de Direitos Humanos”, projeto da Professora Soraya Freire, da Esc. Mul. Thomas Meirelles, bairro Petrópolis, zona Centro-Sul da cidade, foi um dos vencedores do Prêmio Professores do Brasil 2011(PPB) – 5ª Edição, uma iniciativa do Ministério da Educação (MEC).

O projeto foi destaque no tema “Educação para o Trânsito no Contexto Transdisciplinar”, na categoria do 1º ao 5º ano. A professora embarcou para Brasília na manhã desta terça-feira e recebe o prêmio na quarta-feira pela manhã, na sede do MEC.

A professora ficou entre as dez melhores experiências pedagógicas do Brasil com o seu trabalho realizado com 35 alunos do 5º ano, conquistando assim a quarta premiação do mesmo concurso em âmbito nacional.

O projeto concorreu com outros 250 de todo o país e passou por uma série de etapas até ficar entre os dez melhores. Os projetos dos educadores foram selecionados por uma Comissão Julgadora, sendo o material enviado via internet para uma faculdade no Rio Grande do Sul. Depois de analisado e avaliado, o projeto passou pelo crivo do MEC, que selecionou dois projetos de cada região.

PROJETO

O projeto ‘Educação para o Trânsito na Escola: Uma questão de Direitos Humanos’ teve como objetivo sensibilizar a comunidade educativa quanto a importância de um comportamento seguro no trânsito, tendo como respaldo a educação, respeito e amor ao próximo.  Foram utilizados como recursos metodológicos a apresentação de cartazes, além de atividades diversificadas possibilitando criar na escola um ambiente socializador do aprendizado.

“A escola se tornou mais atrativa, conseguindo, inclusive, diminuir o índice de evasão escolar O projeto conseguiu solidificar a relação família/escola e comunidade, os alunos conseguiram transitar com maior segurança; o hábito e o gosto pela leitura foi amplamente difundido e a sinalização da escola foi reestruturada, em parceria com a campanha ‘Tô na Faixa da Manaustrans’”, ressaltou Soraya Freire.

Segundo a educadora, a aprendizagem foi detectada através do relato dos pais, pois os filhos exigiam uma mudança de atitude em relação ao uso do cinto, parada na faixa de pedestres, assim como, o combate ao uso de bebida alcóolica no trânsito. Foram aplicadas em sala de aula diferentes ações para estimular as potencialidades do educando de maneira criativa, dinâmica e transformadora.

“Conseguimos com os alunos duas premiações estaduais e uma premiação nacional. Além disso, as parcerias com outras instituições no decorrer do projeto favoreceram novos conhecimentos e trouxeram benefícios para escola”, frisou.

PREMIAÇÃO

Na premiação nacional, cada professor (a) receberá como prêmio o valor de R$ 5 mil e a escola ganha R$ 2 mil em aparelhos multimídia. Na oportunidade, os educadores premiados poderão expor seus projetos, onde terão 20 minutos para apresentar oralmente sua experiência, acrescidos de 5 minutos para perguntas e respostas. Haverá ainda um espaço disponível para apresentação, facultativa, de pôsteres das experiências, fotos e/ou outros instrumentos que possam melhor ilustrar o trabalho desenvolvido.

Histórico da educadora

A professora Soraya Freire de Oliveira tem um currículo de destaque quando o assunto é premiação em concursos de âmbito nacional e estadual. Pela quarta vez a educadora consegue ficar entre as melhores de todo o país no Prêmio Professores do Brasil 2011(PPB). No total são 7 premiações que deixam a professora orgulhosa pelo seu trabalho realizado na rede municipal de ensino, tais como: Prêmio Denatran de Educação para o Trânsito 2010, do Ministério das Cidades; Projeto “Respeito às Diferenças” do Concurso “Escola rumo a Escola”, em 2007, promovido pelo Ministério da Justiça; Projeto “Leitura Escrita: Uma viagem fascinante”, em 2009, do Prêmio Professores do Brasil pelo MEC; entre outros. Em âmbito estadual são somados seis premiações, entre as quais destacam-se o 2º Concurso Estadual de Prevenção ao Tabagismo e Concurso Estadual de Prevenção às Drogas.

Apresentação

O Prêmio Professores do Brasil é uma iniciativa do Ministério da Educação e foi instituído em 2005, por meio da Secretaria de Educação Básica (SEB), e tem como objetivo reconhecer o mérito de professores das redes públicas de ensino, pela contribuição dada para a melhoria da qualidade da educação básica, por meio de experiências pedagógicas bem-sucedidas, criativas e inovadoras.