23/08/16 | 14:55
Produção sustentável de alimentos é tema de Feira de Ciências em escola municipal

23-08-16-Feira de Ci¿¦ncias. EM. Dalvina de Oliveira. Fotos Cleomir (2)A criatividade dos 700 alunos do 7º ao 9º ano do turno matutino da Escola Municipal Dalvina Silva de Oliveira, na comunidade Parque Riachuelo, no Tarumã, zona Oeste, foi destaque na realização da 4ª Feira Municipal de Ciência e Tecnologia e Educação Ambiental, com tema “Produção sustentável de alimentos em cultivos hidropônicos”. A programação aconteceu na manhã desta terça-feira, 23.

Dentro da proposta, a temática foi trabalhada pela coordenação pedagógica da escola, principalmente pelos professores da disciplina de ciências com a realização de três exposições: reaproveitamento de cascas, pirâmide alimentar e frutas e verduras hidropônicas.

Segundo o diretor da escola, José Francisco da Silva, os alunos tiveram 30 dias para desenvolver, 23-08-16-Feira de Ci¿¦ncias. EM. Dalvina de Oliveira. Fotos Cleomir (1)pesquisar e trabalhar a temática, a fim de que houvesse tempo para o aprendizado de temas interessantes, diferentes dos abordados em sala de aula.

“Perguntei aos alunos em sala de aula qual foi o significado dos trabalhos que estavam sendo produzidos? Todos ficaram empolgados, porque são assuntos bem diferenciados, como reaproveitamento de casca, um assunto que até desconhecia. Espero que eles mobilizem esses conhecimentos dentro da comunidade e em casa”, comentou.

O estudante do 8º ano, Elton Brito Sampaio, 13, disse que aprendeu muito na feira, teve a chance de socializar com seus colegas temas de alimentação saudável e que ajudarão na vida dele.

23-08-16-Feira de Ci¿¦ncias. EM. Dalvina de Oliveira. Fotos Cleomir  (5)“Aprendi muita coisa interessante, não apenas sobre lipídios, mas também sobre proteínas, que são muito importantes para nosso corpo. Elas produzem ferro e ajudam em nosso crescimento. Outro benefício são os grãos, que podem ser úteis para nossa dieta, por exemplo, uma pessoa que come arroz comum pode comer arroz integral com ganhos a mais para a saúde. Fora da escola vou colocar em prática com minha família e amigos”, contou.

O cultivo hidropônico é um método saudável e também foi tema de pesquisa dos alunos da escola. A estudante Nilandreina Reis do Nascimento, 14, afirmou que após os conhecimentos obtidos nos estudos para a feira, fará uma mudança radical na cadeia alimentar dela e da família.

“Tem muita gente que já compra e consome os produtos hidropônicos. Eles são mais saudáveis e mais bonitos. Pelo fato de serem feitos em estufas e não utilizarem o solo têm muitos minerais. Com o trabalho nas estufas, não há necessidade de desmatamento e queimadas. A erosão do solo também não é feita nesse tipo de cultivo, o que contribui para preservação do meio ambiente, garantindo a vida dos animais e até a nossa mesmo”, explicou.

 

Texto: Paulo Rogério Veiga

Fotos: Cleomir Santos/ Semed

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054