04/07/12 | 9:17
Premiação dos alunos da rede municipal no Concurso de Cartazes Estadual

Cinco alunos da rede municipal de ensino participaram da solenidade de premiação do 11º Concurso Estadual de Cartazes 2012 e do 13º Concurso Nacional de Cartazes promovidos pelo Ministério da Justiça e da Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas (SENAD). O evento aconteceu no dia 22/6, no auditório da Universidade Estadual do Amazonas (UEA), Zona Centro-Sul da cidade.

O Concurso Estadual de Cartazes apresentou este ano o tema “A prevenção às drogas é compromisso de todos” e foi destinado aos estudantes do 2º ao 5º ano do ensino fundamental das escolas estaduais, municipais e particulares. O evento contou com uma média de 7 mil alunos de 140 unidade educacionais do estado do Amazonas.

O aluno do 2º ano da Escola Municipal Djalma Passos (Campos Dourado – Cidade Nova, Zona Norte), Ryan William Martins Bastos, 7, conquistou a primeira colocação no Concurso de Cartazes Estadual, sendo premiado com um netbook pela coordenação do evento. É a quarta vez que a unidade educacional é premiada em primeiro lugar no concurso. Ryan Bastos participou de uma seletiva interna, com cerca mais de 300 estudantes, até chegar à premiação maior.

“A participação nesse concurso é muito grande, e é uma forma de trabalhar com todos os alunos a prevenção ao uso de drogas, ou seja, nosso aluno que hoje tem seis anos ao chegar à pré-adolescência e adolescência vai estar mais seguro para dizer não às drogas. Essa é a meta principal de nosso trabalho e de todos os educadores”, completou a diretora da escola, Zenila Frade da Silva Souza.

Segundo o diretor do departamento geral dos distritos da Secretaria Municipal de Educação (Semed), Luiz Carlos, a premiação na verdade é o congraçamento de todo  trabalho que é realizado nas escolas municipais com as crianças ao longo do ano, sob a orientação dos professores para obter o melhor resultado possível na conscientização do perigo das drogas.

“Nesse momento, as crianças são reconhecidas pelo trabalho que elas desenvolveram nas escolas e, a partir daí, os alunos passam a participar junto aos colegas nas campanhas em relação ao uso e prevenção desse malefício que é a droga”, comentou.

A Escola Municipal Thomás Meireles, bairro Petrópolis, Zona Oeste da cidade, teve dois alunos premiados. Pedro Paulo, estudante do 5º ano, 10, ficou em segundo lugar no Concurso Estadual de Cartazes e ganhou uma bicicleta como prêmio. Já o aluno do 5º ano, Iserlohn Freitas,10, ficou em primeiro lugar no 13º Concurso Nacional de Cartazes, este último recebeu uma máquina digital e uma passagem com todas as despesas pagas para Brasília. No próximo dia 26, na capital federal, Iserlohn receberá o prêmio de R$ 2 mil juntamente com alunos de todo o país.

“O prêmio vale muito na questão financeira, social e da autoestima para esses alunos, pois representa algo de muito valor, só o fato de serem escolhidos dentre inúmeros trabalhos é sinal de que as ações realizadas na escola têm alcançado seus resultados. Quando se trabalha um tema de prevenção as drogas é realmente para se prevenir esse mal que assusta a sociedade. Por isso que em nossa escola é trabalhado em várias situações ultrapassando os muros até chegar à família”, explicou a Professora Soraya Freire Araújo, educadora premiada várias vezes em âmbito estadual e nacional pelos seus projetos no processo ensino aprendizagem.

Também foi premiado pela participação no Concurso Estadual de Cartazes, o aluno Douglas Vasconcelos da Silva da EM Mário de Andrade, pelo 3º lugar. No 13º Concurso Nacional de Cartazes, o aluno Mateus Marques da Silva Magalhães da EM Thales Silvestre, também ficou em 3º lugar, ambos do 5º ano, além da homenagem ao aluno Guilherme Figueiredo do 8º da EM Themístocles Gadelha, pelo trabalho cultural que é desenvolvido em sua unidade educacional.