12/08/20 | 11:19
Prefeitura realiza ‘Mobilização Ninguém Fora da Escola’ com alunos da Educação de Jovens e Adultos

Aproximadamente 13 mil alunos de 65 unidades de ensino que ofertam a modalidade da Educação de Jovens e Adultos (EJA), da Prefeitura de Manaus, participam da 17ª edição da Mobilização Ninguém Fora da Escola (Monifes). As atividades iniciaram em julho e vão até setembro, mas por conta do isolamento social, devido a pandemia da Covid-19, a programação é virtual e realizada pelas plataformas do Google Meet e do YouTube.

Coordenada pela Gerência de Educação de Jovens e Adultos (Geja) da Secretaria Municipal de Educação (Semed), a meta é mobilizar as escolas da modalidade de ensino em ações de acolhimento frente aos professores e alunos, no sentido de promover a participação efetiva no projeto “Aula em Casa”, incentivando a permanência nos estudos para a conclusão com sucesso e reduzindo os índices de evasão escolar.

Cada escola pode elaborar sua programação no período da Monifes, tais como arraial com brincadeiras típicas, palestras motivacionais, exposições de atividades temáticas, saraus, entre outros. As sete Divisões Distritais Zonais (DDZs) da secretaria e as escolas promovem as ações, a partir do objetivo da Monifes, e a Semed acompanha o desenvolvimento das ações através da Geja.

 A gerente da Geja, Alina Bindá do Nascimento, afirmou que, mesmo com a pandemia, o trabalho garante o acesso dos alunos da modalidade ao processo de ensino-aprendizagem nesse momento em que todos estão distantes da escola. “As ações configuram em aspectos de acolhimento frente aos estudantes e professores. Essa ação se torna importante no momento em que todos na escola estão empenhados em garantir o acesso e a permanência dos alunos no projeto Aula em Casa, e no formato remoto que se configura a educação. Nossos alunos e professores precisam sentir-se acolhidos, e assim, em uma aula virtual diferenciada procuramos incentivar a permanência nos estudos reduzindo a evasão escolar”, completou.

Ações
A escola municipal Joaquim da Silva Pinto, bairro Crespo, zona Sul, realizou em julho, pelo Google Meet, o “Arraial do Pinto: Movimento Ninguém fora de Casa, se possível!”, com alunos, mesmo em casa, caracterizados com roupas caipiras, com comidas típicas, vídeo de parlendas, relatos de alunos, cordel falando do novo coronavírus, além da participação de professores, pedagogos e convidados.

A diretora Célia Regina Agra Carneiro destacou a importância do trabalho pedagógico via on-line. “O engajamento de todos foi visível, foram feitos muitos vídeos e a escolha de apenas alguns para a apresentação foi bem difícil. Os alunos estavam motivados e, como todos, estávamos iguais na vestimenta, na alegria, na disposição de ajudar uns aos outros, eles se viram como parte do processo e entenderam bem a proposta. Usamos a tecnologia a nosso favor, para não perder o contato e o vínculo, fatores essenciais ao EJA”, completou.

O Centro Municipal de Educação de Jovens e Adultos (Cemeja) Professor Samuel Isaac Benchimol, bairro São José, zona Leste, que atende 1,3 mil alunos vai realizar uma atividade nesta sexta-feira, 14/8, às 19h, pelo Google Meet. As atividades serão realizadas com jogo de perguntas e respostas, música, poesia, homenagem aos pais e um concurso do rei e rainha Cemeja. “É um evento significativo para toda escola. Agora nesse momento tão atípico, vai aproximar mais os alunos e o Monifes é exatamente para chegar naqueles alunos que não são atingidos. A gente faz isso justamente para buscar esses alunos que estão um pouco ausentes”, disse o diretor da unidade, João Carlos dos Santos.

— — —

Texto – Paulo Rogério/Semed
Fotos – Divulgação

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação