04/03/20 | 17:49
Prefeitura oferece curso de fabricação digital em escola da zona Norte

Para fomentar os princípios da cultura maker, a Prefeitura de Manaus, em parceria com a FAB Lab Manaus, está oferecendo o Programa Cientista Maker, com curso de fabricação digital para 200 alunos do 1º ao 9º ano do ensino fundamental, da escola municipal Aristophanes Bezerra de Castro, localizada na comunidade Aliança com Deus, zona Norte. A oficina está sendo realizada até esta quinta-feira, 5/3, para os turnos matutino e vespertino, desde a última terça-feira, 3/3.

A cultura maker é uma rede com mais de 1.750 laboratórios de fabricação digital em mais de 100 países.  Os cursos envolvem eletrônica, programação e impressão em 3D e realidade virtual. O objetivo do Cientista Maker é levar a cultura do “Faça você mesmo”, composta da mistura da teoria com a prática, por meio de atividades com propostas “mão na massa” para crianças e jovens.

A diretora da escola Francineide Bento falou sobre a importância da capacitação para os alunos da comunidade. “Nós buscamos parcerias e, este ano, estamos contando com a FAB Lab Manaus, em seu programa Cientista Maker. A equipe está conosco fazendo oficinas para trazer o conhecimento teórico e prático do Maker para nossas crianças da Aliança com Deus. Ou seja, fazendo a diferença realmente para que os nossos alunos aprendam cada vez mais”, concluiu.

Para o diretor da FAB Lab Manaus, Carlos Júnior, a parceria é muito válida porque é mais uma oportunidade de incentivar a criatividade dos alunos. “A gente trabalha a cultura maker com cursos onde as crianças possam aprender a fazer tanto na escola como em casa. Esses cursos são para as pessoas começarem a criar as coisas. Na escola, os alunos aprendem fazendo, pois quando isso acontece com mais vontade e mais rapidez, abraça a ideia principal, que é incentivar os alunos a criarem”, disse.

Vinicius Hidaka de Souza, 9, aluno do 4º ano, do turno matutino, contou que aprendeu muita coisa no curso. “Eu gostei, é bem legal porque sempre gostei muito de criar robôs e fazer coisas com energia. Nunca tive essa oportunidade de fazer isso em casa e nunca tinha feito um curso assim na escola. Criando algumas tarefas que aprendi até agora, está sendo muito bom para meu aprendizado”, contou.

 

Texto – Paulo Rogério / Semed
Foto – Cleomir Santos / Semed

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054