16/01/14 | 14:55
Prefeitura matricula mais de 227 mil alunos

O período de matrículas da rede municipal de ensino encerrou com saldo positivo, de acordo com avaliação da Secretaria Municipal de Educação. Ao todo, 227.502 mil alunos foram matriculados em unidades de ensino da prefeitura. Destes, 45.713 são alunos novatos ou reingressos. Do total de novas vagas, 20.706 mil foram preenchidas pela Educação Infantil, 12.156 mil destinadas para o Ensino Fundamental de 1º ao 5º ano e 4.590 mil para 6º ao 9º ano. Além destes foram matriculados 135 alunos na Educação Especial e 7.972 mil na Educação de Jovens e Adultos (EJA).

“Tivemos um processo mais tranquilo este ano e quando não havia mais vaga na escola solicitada, encaminhávamos o aluno para unidade mais próxima de sua casa”, disse a gerente de Matrículas Darlene Liberato.

Todo o processo de matrícula, que aconteceu do dia 20 de dezembro ao dia 15 de janeiro, ocorreu de forma tranquila. Somente no primeiro dia de matrículas, mais de 13 mil alunos garantiram suas vagas. O portal de matrículas (www.matriculas.am.gov.br), onde os pais puderam realizar o pré-cadastro dos alunos, ajudou a agilizar o processo.

“Esperamos atingir a meta de mais de 255 mil alunos matriculados, pois ainda estamos aguardando os dados das escolas ribeirinhas onde a matrícula é feita de forma manual em alguns locais e de mais 10 unidades escolares que ainda estão em fase de conclusão das obras para o início do ano letivo em Manaus”, afirmou Eliete Queiroz, chefe da Divisão de Informação e Estatística da Semed.

EJA

Foram matriculados 7.972 mil alunos na Educação de Jovens e Adultos (EJA) voltados para estudantes acima de 15 anos que queiram cursar do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental. Para esta modalidade de ensino, ainda restam 1.729 vagas e os interessados podem se dirigir a qualquer escola municipal e efetuar a matrícula.

A EJA é dividida em dois segmentos. O primeiro é de 1º ao 5º ano e o segundo de 6º ao 9º. No primeiro segmento o interessado não precisa comprovar escolarização, já no segundo, é necessária a comprovação de que estudou até o 5º ano do Ensino Fundamental. Neste ano, o EJA estará disponível em 69 escolas municipais espalhadas por todas as zonas geográfica da cidade.

“As aulas iniciam dia 5 de fevereiro, juntamente com o ensino regular. Nossa metodologia é diferenciada tendo quatro tempos diários de aula, ao invés de cinco, e o ensino é dividido em blocos de disciplina, onde em cada trimestre se estuda três matérias”, explicou o gerente do EJA, Mauro Brito.