30/05/19 | 18:45
Prefeitura encerra campanha nacional contra a violência sexual infantojuvenil

Mais de 200 pessoas, entre pais de alunos, gestores escolares e educadores da rede de ensino da Prefeitura de Manaus participaram nesta quinta-feira, 30/5, do encerramento das atividades da campanha nacional “Faça Bonito – Proteja Nossas Crianças e Adolescentes da Violência Sexual” da Divisão Distrital Zonal (DDZ) Sul, da Secretaria Municipal de Educação (Semed). A atividade também marcou a entrega oficial do novo prédio da escola municipal Padre Mauro Fancello, em Petrópolis, zona Sul, onde ocorreu o evento.

A secretária municipal de Educação, Kátia Schweickardt, destacou o trabalho desenvolvido pela Prefeitura de Manaus, por meio da Semed, para evitar casos de violência e abuso sexual contra crianças atendidas pelo município, bem como os avanços que a rede municipal de ensino teve com o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) nos últimos anos e a importância de envolver os pais no processo de aprendizagem dos alunos.

“Muito mais do que esse prédio com qualidade, entregamos a competência técnica de fazer um trabalho de qualidade com as crianças, conforme as orientações do prefeito Arthur Virgílio Neto. Os alunos estão em boas mãos. Mas, vocês têm que fazer a parte de vocês (pais). A escola não tem como fazer tudo. Faz perto de 50%. A família tem que fazer a outra parte. Juntos, família e escola, vamos colocar essas crianças no futuro e esse futuro começa aqui e agora”, afirmou a secretária.

A campanha “Faça Bonito” tem por objetivo alertar os mais de 245 mil alunos da rede municipal sobre as formas de violências que podem ser praticadas por pessoas próximas à vítima. Na DDZ Sul, a ação alertou mais de 30 mil alunos, de 69 escolas, sobre a incidência e formas de prevenção de casos de violência e exploração sexual contra crianças e adolescentes. Em toda a rede municipal, a campanha envolveu as 496 unidades de ensino da Semed e foi coordenada pela Gerência de Atividades Complementares de Programas Especiais (Gacpe).

Durante o evento, a chefe da Gacpe, Dircélia Ortiz, destacou que o trabalho de enfrentamento à violência e abuso sexual contra crianças e adolescentes é árduo, por isso os crimes devem ser denunciados por todos.

“Precisamos acabar com isso, nossas crianças e adolescentes são tesouros, precisamos levantar essa bandeira e todos precisam estar atentos para qualquer sinal de violência contra eles, para denunciar”, destacou.

Novo prédio
Paralelo ao encerramento da campanha também houve a entrega do novo prédio da escola. “Com essa nova estrutura queremos trazer ao bairro de Petrópolis uma grande inovação em relação à educação e qualidade na aprendizagem dos alunos. Ou seja, a mudança não foi só estrutural, mas também houve uma mudança de mentalidade e inovação na educação com o prédio que é muito mais moderno e arrojado que o anterior, trazendo muito mais conforto e acessibilidade aos alunos”, salientou a gestora da unidade, Lesly Moutinho.

A unidade conta com 12 salas de aula, uma delas exclusiva para o projeto Pit Stop; sala de informática; elevador panorâmico; quadra coberta; banheiros para Pessoas com Deficiência (PcDs); um sistema completo de incêndio e sinalização horizontal, além outras dependências.

A administradora Rafaele Andrade, mãe da aluna Aisha Andrade, 8, do 3º ano, disse estar segura em deixar a filha na unidade. “Achei o prédio muito bonito, espaçoso, mais adequado. Estou muito satisfeita, feliz porque sei que minha filha estará em um lugar que sinto que é mais seguro e que oferece mais conforto a ela”, afirmou.

— — —

Texto – Emerson Santos  / Semed
Fotos – Eliton Santos / Semed

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054