18/11/22 | 21:00
Prefeitura de Manaus premia escolas que participaram do projeto ‘Juventude Consciente’

Durante a cerimônia, a secretária de Educação, professora Dulce Almeida, destacou a importância dos grêmios estudantis para o bom andamento das atividades das escolas e para a formação dos alunos que fazem parte deles.

“Esses grêmios são fundamentais para o dinamismo das escolas, para o protagonismo dos alunos e para a promoção de melhorias no ambiente escolar, por isso pretendemos aumentar a quantidade de grêmios na rede”, disse Dulce Almeida.

Atualmente, há 27 grêmios estudantis constituídos em unidades da Semed, sendo que cada um deles tem 14 alunos participantes. Na rede, o trabalho é direcionado pela Divisão de Apoio à Gestão Escolar (Dage). A assessora pedagógica Sued Araújo, que está à frente dos grêmios, ressaltou que o objetivo foi reconhecer e premiar as escolas que se destacaram com os seus projetos no ano de 2022.

“A premiação é um gesto de reconhecimento ao trabalho que essas 19 escolas realizaram durante o ano com o projeto Juventude Consciente, que visa trabalhar projetos do plano de governo, envolvendo os eixos cultura, empreendedorismo, promoção à saúde e o protagonismo infantojuvenil”, explicou Sued.

Os projetos contribuíram com a proposta pedagógica das escolas envolvidas, proporcionando aos seus estudantes e a comunidade escolar melhorias no processo ensino-aprendizagem, socialização e desenvolvimento nas habilidades motoras e desportivas, assim como despertou a consciência ambiental.

O projeto Juventude Consciente tem como objetivo promover o engajamento dos alunos nas práticas pedagógicas, na autonomia e na capacidade para tomar decisões. Os 19 projetos que participaram da solenidade foram desenvolvidos a partir dos eixos: cultural, literário, artes, promoção da saúde, esporte, lazer, meio ambiente e empreendedorismo, concatenados aos programas e projetos do Plano de Governo.

Uma das unidades premiadas foi a escola Lucila Freitas, localizada no bairro Colônia Santo Antônio, zona Norte. A escola ganhou a premiação pelo êxito em uma ação chamada “Aluno Ouvidor”, que acontece todas as sextas-feiras e onde os próprios alunos são ouvidos e, com isso, são propostas melhorias, a partir das questões levantadas pelos alunos. Segundo a gestora da unidade, Mariete Menezes, o trabalho vem tendo resultado satisfatório no ambiente escolar.

“Nesse projeto, a gente vai descobrindo as melhorias que podemos fazer na escola, porque os alunos têm a possibilidade de expressar o que estão sentindo, de apontar reclamações, pontos positivos, e com isso, o trabalho da escola vem melhorando significativamente. Além disso, nessa ação descobrimos talentos que estavam apagados, de alunos que gostam de cantar, declamar poesias, dançar, enfim, o ‘Aluno Ouvidor’ tem trazido vários benefícios para a nossa unidade”, destacou a gestora.

Grêmio estudantil

O grêmio estudantil tem o objetivo de promover o envolvimento dos alunos no ambiente escolar, por meio do protagonismo infantojuvenil, esclarecendo os direitos e deveres, conjuntamente com a gestão escolar. Realiza ações para o fortalecimento do processo educativo nas escolas, além de ser representação dos estudantes nas decisões da instituição de ensino, contribuindo de forma participativa na democratização da gestão escolar.

— — —

Texto – Emerson Santos / Semed

Fotos – Mário Oliveira / Semed