28/04/16 | 9:47
Prefeitura atua de forma integrada para beneficiar comunidades próximas às unidades educacionais

Somos Todos Educadores - Fotos Rodemarques abreu (6)Vinte unidades educacionais da zona Leste da cidade, entre Centros Municipais de Educação Infantil e escolas que trabalham com segmento do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental, da rede municipal de ensino, serão beneficiadas com o projeto “Manaus: somos todos educadores”. A ação, que é pioneira no Amazonas, faz parte  do Projeto de Expansão Educacional da Rede Municipal de Manaus (Proemem), ligado a Secretaria Municipal de Educação (Semed).

O projeto tem o objetivo de desenvolver ações planejadas entre as Secretarias Municipais, em busca do aperfeiçoamento da qualidade do ensino, preservação do ambiente da escola e sensibilização da comunidade escolar por meio de palestras, seminários e eventos.
O lançamento oficial da ação aconteceu na tarde desta quarta-feira, 27, no auditório da Semed, reunindo o Prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, secretários, subsecretários e representantes dos órgãos municipais envolvidos no projeto. De acordo com prefeito, a ação integrada entre as instituições vai promover a elevação da qualidade de ensino da rede municipal de ensino.

Somos Todos Educadores - Fotos Rodemarques abreu (10)“A partir desta integração entre as secretarias, do apoio da sociedade civil, de empresas privadas, a Prefeitura irá conseguir dar um salto na melhoria da qualidade de ensino e promoverá uma elevação no nível de vida das pessoas que estudam na rede municipal de ensino”, afirmou o prefeito.

Na oportunidade, Arthur Virgílio destacou sobre a dificuldade que Manaus está enfrentando para conseguir o empréstimo junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para construção de novas unidades educacionais.
“Hoje, a prioridade da Prefeitura de Manaus é acabar com aluguel de prédios alugados e construir escolas próprias, mas para isso precisamos de parceiros que nos ajudem neste sentido. Por isso, vamos iniciar uma luta junto ao BID para que ele reduza, ao máximo, as exigências de financiamento para alcançarmos a nossa meta que é sair dos alugueis, construir mais escolas e, consequentemente, atender mais alunos”, enfatizou.

Somos Todos Educadores - Fotos Rodemarques abreu (8)Durante a cerimônia, a secretária da Semed, Kátia Schweickardt, destacou que o mais importante no projeto não é simplesmente integração entre instituições publicas e privadas, mas sim  é incutir nas pessoas que toda a sociedade deve promover meios para fazer educação, seja mobilizando o poder público para fazer o seu papel ou promovendo diretamente, por meio de parcerias e até mesmo com gestos concretos e atitudes pontuais.

“O mais importante desde programa, na verdade, é a consciência que fazer educação é uma responsabilidade de todos e nós, enquanto secretaria municipal, temos que dá o exemplo desta mobilização”, afirmou a secretária,  acrescentando que o projeto vem intensificar as ações integradas, que a Semed constantemente buscou realizar com órgãos que fazem parte da Prefeitura . 

Como irá funcionar

Somos Todos Educadores - Fotos Rodemarques abreu (1)Inicialmente, o projeto será desenvolvido em parceria com sete secretarias da Prefeitura de Manaus, dentre elas, de Saúde (Semsa), envolvendo o Departamento de Vigilância Sanitária (DVISA) e Centro de Controle de Zoonoses (CCZ); de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel); de Infraestrutura (Seminf);  de limpeza Pública (Semulsp), Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), dentre outras. No entanto, a ideia é que no decorrer da execução  envolva, também, envolvido instituições privadas.

Com isso, a ação irá promover ações de intervenções e solucionar as principais demandas encontradas a partir de um levantamento feito no sistema de demandas da Semed. No plano de metas inicial da ação está: o recolhimento de inservíveis; poda de árvores; capinação; recolhimento de materiais recicláveis; limpeza de fossa; drenagem de água pluviais; palestras de conscientização e outros serviços.

Somos Todos Educadores - Fotos Rodemarques abreu (5)De acordo com a presidente do grupo de trabalho do Proemem, Vilma Pessoa, a ação está dentro do escopo  do Projeto de Expansão Educacional que vem ao encontro da atual situação financeira que o Brasil está passando. Segundo ela, cada secretaria vai atuar dentro da sua governabilidade, a Semusp, por exemplo, intensificar a limpeza nos quintais das escolas, a Semsa com palestras e campanhas de saúde, a Semmas com mudas de plantas, paisagismo e educação ambiental.

“O projeto está inserido no Componente III – Gestão, Monitoramento e avaliação do Projeto Proemem. O programa, dentre outras coisas, buscará contribuir no fortalecimento das ações de melhorias no campo da infraestrutura e vem viabilizar o bom andamento do trabalho realizado pelas escolas e é imprescindível dado o cenário atual que aponta uma crise econômica, que possivelmente, não terá prazo imediato para terminar, ou seja, estamos no momento propício para trabalhar esta ação”, explicou.

No primeiro momento, o projeto será executado durante sete semanas, onde cada unidade escolar será completada com atividades de diversas secretarias do município, com programações de, no máximo, quatro horas por dia, sendo distribuídas duas horas pela manhã e outra parte pela tarde, para não comprometer a grande curricular e aprendizagem dos alunos.

A primeira unidade contemplada com a ação será a Escola Municipal Divino Pimenta, localizada no bairro Jorge Teixeira, já na próxima segunda-feira, 2. A partir será realizado um cronograma para que todas 20 escolas sejam beneficiadas nesta primeira etapa do projeto.

 

Texto: Emerson Felipe

Foto: Rodemarques Abreu

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054