03/12/21 | 14:50
Prefeito David Almeida paga abono histórico para profissionais da educação no valor de R$ 133 mi

O prefeito de Manaus, David Almeida, anunciou o pagamento do maior abono da história do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), contemplando mais de 15,5 mil servidores da Secretaria Municipal de Educação (Semed) com gratificações que variam de R$ 6,5 mil a quase R$ 22 mil, totalizando mais de R$ 133 milhões.

A gratificação foi divulgada durante a inauguração do Centro Integrado Municipal de Educação (Cime) Lúcia Melo Ferreira Almeida, nesta sexta, 3/12, como reconhecimento aos esforços realizados pelos profissionais da educação em 2021.

“Quando estive governador, eu tive a oportunidade de pagar o maior abono da história da educação do Estado. Lá, o recurso do Fundeb não pôde ser rateado com os servidores administrativos, porém, educação não se faz somente com o professor. Se faz com o merendeiro, com os administradores, vigias, com todos aqueles que participam do processo educacional, e eles também serão contemplados. Os profissionais da educação nunca tiveram isso. É o esforço que estamos fazendo para melhorar a gestão para os servidores públicos municipal”, enfatizou Almeida.

Pagamentos
De acordo com a Secretaria Municipal de Educação (Semed), os pagamentos serão realizados até o próximo dia 30 de dezembro. Cada professor ou pedagogo que atuam diretamente na área pedagógica irá receber; por 20 horas, R$7.247,50; por 40 horas, R$14.494,99; por 60 horas, R$ 21.742,49. Já para os servidores que atuam na área administrativas da sede e das unidades educacionais será; por 20 horas, R$6.522,75; por 40 horas, R$13.045,50; por 60 horas, R$19.568,24.

O valor injetado na economia municipal será de R$ 133.044.83,97 milhões destinados a 15.524 mil servidores da Semed.

Para o titular da Semed, Pauderney Avelino, a iniciativa é de fundamental importância para que Manaus dê um novo salto na qualidade de ensino oferecida para a população, pois o abono serve de incentivo aos servidores e um reconhecimento pelo trabalho realizado durante o ano.

“Acabamos de anunciar o maior abono do Fundeb de toda a história da Prefeitura de Manaus. Os nossos servidores terão neste ano um Natal muito feliz. Eu conto com todos os trabalhadores da educação para fazermos uma educação de qualidade para a população de Manaus que tanto luta e merece um serviço digno. Nesta gestão, buscamos valorizar os servidores, pois assim temos a condição de cobrar uma melhor qualidade no trabalho do dia a dia”, afirmou Avelino.

Cime Lúcia Almeida
Localizado no bairro Novo Aleixo, zona Norte da capital amazonense, o Cime Lúcia Melo Ferreira Almeida tem capacidade para atender 700 alunos, na modalidade de educação infantil e do 1º ao 9º ano do ensino fundamental. A unidade é a primeira do sistema integrado de ensino inaugurada pela gestão do prefeito David Almeida e recebe o nome da sua esposa, que faleceu há dois anos vítima de câncer.

Lúcia Almeida foi primeira-dama do Amazonas em 2016. Era bacharela em Direito, funcionária pública, bibliotecária e professora. Nasceu em Manaus, no dia 17 de fevereiro de 1978.

Para o chefe do Executivo municipal, é motivo de alegria e emoção conseguir homenagear sua esposa com uma escola que será referência para toda a capital.

“Esse prédio lindo e magnífico torna-se, a partir de agora, o centro de influência desse lugar. É daqui que vão espalhar o conhecimento. John Watson dizia: ‘Me dê às crianças que eu transformo a sociedade’. Nunca imaginava que um dia pudesse fazer uma homenagem dessa para a Lúcia. Eu não sei se na história política mundial, alguém teve um enredo tão difícil como o meu. Amanhã completa dois anos que estou sem o meu amor. E quis Deus que eu pudesse virar prefeito dessa cidade e homenagear uma professora. Lúcia agora está eternizada aqui”, finalizou.

— — —

Texto – Thiago Fernando/Semcom

Fotos – Ruan Souza e Marcelly Gomes /Semcom