05/02/14 | 16:04
Prefeito dá início ao ano letivo e destaca planejamento para a Educação

Atualmente, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) possui 506 unidades de ensino e a meta é construir mais 70

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, abriu oficialmente, nesta quarta-feira (05), o calendário letivo da rede municipal em cerimônia, no Parque do Mindu, zona centro-sul, com a presença de gestores, alunos e autoridades. A rede municipal de educação iniciou o ano letivo com mais de 224 mil alunos matriculados, o que representa 11 mil estudantes a mais que em 2013, quando em igual período havia 213,7 mil matriculados. A expectativa é que esse número cresça e possa chegar entre 235 mil a 240 mil após reajustes de matrículas. Atualmente, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) possui 506 unidades de ensino e a meta é construir mais 70.

No evento, o prefeito de Manaus, Arthur Neto, e o secretário da Semed, Humberto Michiles, fizeram a entrega dos kits escolares para os alunos e apresentaram o novo fardamento dos professores.

Segundo Arthur Neto, o tema deste ano “Cultura de paz e solidariedade: Construindo uma sociedade onde todos têm direito de aprender” reflete a principal meta de seu governo para a Educação, que nenhuma criança fique fora da sala de aula.

“Em 2013, o nosso programa de alimentação diminuiu significativamente a evasão escolar. Também conseguimos avançar na melhoria da infraestrutura das escolas e a ordem agora é cuidar de pedagogia. Este será o ano da grande virada pedagógica. O ano que vamos trabalhar para que em 2015, com reflexos em 2016, conquistemos uma posição bem diferente para Manaus no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb)”, afirmou o prefeito.

Hoje, a prefeitura possui 300 unidades educacionais próprias, 173 funcionando em prédios alugados, além daquelas que funcionam em estruturas cedidas ou conveniadas. O secretário municipal de Educação (Semed), Humberto Michiles, disse que o desafio de continuar diminuindo a quantidade de unidades que funcionam em prédios alugados ganha fôlego com a construção de 70 novas escolas.

“Pretendemos resolver esse problema captando recursos para construir as estruturas necessárias. A boa notícia é que está avançado o processo de liberação junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para conseguirmos recursos na ordem de US$ 200 milhões, que serão investidos na construção das novas unidades. Nosso objetivo maior é que em 2015, o ano comece com todas as escolas prontas”, destacou Michiles.

Michiles destacou que este ano a secretaria trabalhará para avançar na melhoria educacional da cidade de Manaus. “Neste ano, vamos buscar metas corajosas porque não podemos brincar com a educação das nossas crianças”.

Das 506 escolas municipais prontas para receber os alunos deste ano, apenas 61 não começaram as aulas imediatamente devido a reformas e outras adequações na infraestrutura dos prédios. Dessas, 14 terão o início do ano letivo na próxima semana, nos dias 10 e 11 de fevereiro. Outras dez unidades educacionais começarão as aulas no dia 17 de fevereiro e a data das demais escolas ainda será definida pela Semed.

Expectativa

A Escola Municipal Vicente de Paula, unidade de ensino que tem a melhor nota do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) entre todas as escolas do município, retornou as aulas, na manhã desta quarta-feira. A diretora Maria Santana Cunha falou da expectativa para este ano letivo.

“Estamos preparados para esse ano atípico, já que temos Copa do Mundo e eleição. A escola está toda enfeitada de verde e amarelo e esperamos que haja vitória da seleção e da educação em 2014. Vamos trabalhar forte no reforço escolar objetivando a melhoria da qualidade da educação oferecida e consequentemente as nota do Ideb”, explicou.

Reconhecimento

Durante a solenidade de abertura do ano letivo, os alunos da Escola Municipal Sônia Maria, que fizeram parte da equipe de robótica da unidade de ensino, receberam do prefeito Arthur Neto as passagens para disputarem na cidade de Taguatinga, no Distrito Federal, da etapa nacional da First Lego League, competição mundial de robótica. Os nove alunos da equipe batizada de Live Corp Sônia Maria, ficaram em quarta colocação na etapa regional e foram os únicos estudantes de escolas públicas do norte a se classificarem para a competição a nível de Brasil, que será realizada nos dias 21,22 e 23 de fevereiro.

“Estamos animados com essa viagem. Nossa equipe foi a quarta colocada num total de 20 equipes que disputaram a etapa regional.  Apresentamos uma solução para prevenção de acidentes com deslizamentos de terra, o que nos credenciou para a competição nacional. Vamos buscar vencer e disputar a etapa nacional que será em Nova York, nos EUA”, disse o diretor da escola, Osvaldo Fernandes Neto.

Fotos: Rodemarques Abreu e Cleomir Santos

Texto: Thiago Boltelho (Semed) e Alita Falcão (Semcom)

Assessoria de Comunicação da Semed

Gisa Prazeres – 8842-1188 / 3632-2054