Perguntas Frequentes

PRINCIPAIS DÚVIDAS – MATRÍCULAS 2021

Preciso de um e-mail válido para cadastrar o responsável?

Sim. O primeiro passo para iniciar o cadastro é informar o CPF e o e-mail válido. O sistema enviará um código para a caixa de entrada que deve ser informado na tela de cadastro inicial. Só depois dessa etapa, será possível dar seguimento ao cadastro do responsável e do aluno. Por isso, fique atento na hora de cadastrar o e-mail.

O que é código de verificação?

O código de verificação é um código que enviamos para o seu e-mail para que você faça o seu cadastro no sistema. Quando você clica em entrar e coloca o seu e-mail, nós disparamos uma mensagem automática para você com um código de acesso.

Não encontrei o código de verificação no meu e-mail. O que faço?

O código é enviado para a caixa de entrada do e-mail cadastrado. O título do e-mail é: Matrículas 2021 – Código de Validação. Caso não esteja na caixa de entrada, verifique a pasta de Lixo Eletrônico, SPAM ou Promoções.

Para fazer o cadastro do aluno no site é preciso ser o responsável legal pelo estudante?

Você pode realizar o cadastro de quantos alunos desejar, no entanto deverá informar o CPF dos responsáveis legais dos alunos. É muito importante que os dados informados sejam reais e lembre-se de que todas essas informações serão validadas no momento da entrega de documentos, na escola.

Fui transferido por meio de reordenamento porque a escola que eu estudava não tem continuidade. Quando posso entregar os documentos? 

Nesses casos, os documentos dos alunos transferidos por reordenamento serão entregues somente na primeira semana de aula.

Fui transferido automaticamente (reordenamento) para uma escola que não quero. Como posso pedir transferência? 

Nesse caso, é preciso ficar atento ao período de transferências que será do dia 22 ao dia 25 de janeiro, por meio do site.

Meu login está dando inválido. 

Verifique se os dados de CPF e Senha estão corretos e tente novamente. Se o problema persistir, envie um e-mail para cmat@seduc.net.

Quando preencho os dados aparece ”NO DATA AVAILABLE”. O que pode estar acontecendo?

Houve uma instabilidade no início do processo de matrícula que foi sanada. Se o problema persistir, verifique sua conexão de internet. Se ainda assim o problema continuar, envie um e-mail para sacp@prodam.am.gov.br que iremos verificar o ocorrido.

Qual a idade mínima que a criança deve ter para se solicitar reserva de vaga para Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei)?

A reserva de vaga para a Educação Infantil só está disponível para crianças a partir de 4 anos completos até o dia 31 de março de 2021.

Não consigo digitar o nome da escola. O sistema não permite.

O sistema exibe as escolas disponíveis de acordo com a fase/série do aluno. Se o sistema não mostra a escola é porque a escola não atende a fase/série do aluno ou porque a escola recebe alunos apenas pelo processo seletivo. Por favor, procure a rede de ensino da escola para mais informações.

Posso fazer matrículas nas escolas municipais do interior? 

O sistema está atendendo, neste ano, apenas a rede estadual e as redes municipais de Manaus e Iranduba. O sistema não está liberado para realizar a reserva da vaga da rede municipal de ensino de outros municípios. Por favor, procure a secretaria de educação do município.

O que significa matrícula de certidão? 

Em um dos campos de preenchimento do pré-cadastro, é solicitado o número de registro do aluno (Sigeam) ou a Certidão de Nascimento. Os novos modelos de certidão, expedidos a partir de 1º de janeiro de 2010 possuem um número de identificação, denominado matrícula, composto por 32 dígitos em formato padronizado nacionalmente. Portanto, você pode realizar esse cadastro preenchendo o campo tanto com o número Sigeam, quanto com o número de registro da certidão de nascimento do aluno.

Quando houver problema de identificação no número do CPF ou certidão de nascimento do aluno o que devo fazer?

Digite novamente com calma e atenção, porque alguma numeração pode ter sido digitada errada ou em duplicidade.

É possível editar uma informação preenchida anteriormente? 

Enquanto o processo de reserva da vaga não tiver sido concluído, é possível acessar a opção “editar dados” e fazer as correções. Se o processo já tiver sido concluído, as informações só podem ser corrigidas na escola onde foi feita a reserva da vaga.

Como faço para atualizar o meu cadastro? Preciso atualizar para conseguir fazer a reserva de vagas pelo site das Matrículas?

Para atualizar é preciso ir a uma escola municipal de Manaus ou uma estadual da Capital ou do Interior e solicitar a alteração dos dados. Mas, é possível fazer a reserva de vagas pelo site antes de atualizar o cadastro. Faça o procedimento normalmente de reserva e quando for à unidade de ensino escolhida entregar a documentação do aluno solicite a atualização do cadastro.

Esqueci a senha do cadastro e mudei de e-mail. O e-mail informado no cadastro está desativado e não consigo receber a mensagem para redefinir a senha. O que devo fazer? 

Você pode fazer um novo cadastro de responsável, que depois é possível recuperar as informações do cadastro do aluno.

Como faço para matricular aluno estrangeiro?

A matrícula de alunos estrangeiros é feita apenas de forma presencial em qualquer escola da rede pública municipal e estadual de ensino de Manaus. Caso não tenha a certidão de nascimento nacional do estudante estrangeiro, apresentar o CPF, ou número do passaporte. Ainda assim, se não houver a documentação, será feita a matrícula e os responsáveis têm um prazo para providenciar e atualizar as informações na escola.

Como é feita a Confirmação da Matrícula? 

A mensagem “reserva de vaga efetuada com sucesso” significa que você conseguiu encerrar o processo no Portal de Matrículas.  Após isso, você tem até três dias úteis para levar os documentos do aluno até à unidade de ensino escolhida e concluir o processo de matrícula.

Quais documentos precisam ser apresentados para concluir a matrícula de um aluno na escola?

Comprovante de escolaridade original

Guia de transferência (caso o candidato venha da rede particular, federal, de outro Estado, ou municipal do interior do Estado)

Histórico escolar ou declaração de transferência com validade de 30 dias;

Certidão de nascimento (original e cópia);

CPF e RG (original e cópia) do responsável pelo aluno menor de idade;

Para os alunos maiores de 18 anos, de qualquer modalidade de ensino, será obrigatória a apresentação de comprovante de residência (cópia do último mês que anteceder a matrícula); cartão de vacinação (cópia); duas fotos 3X4 recentes do aluno e documento de identificação com foto (original e cópia) do responsável pela matrícula.

O CPF do aluno é obrigatório?

O número do CPF do aluno não é uma informação obrigatória para a realização do cadastro e da reserva de vaga.

Na ausência do documento de RG ou outro oficial com foto, o que devo fazer?

Para os alunos menores de idade que não dispõem de RG ou documento oficial com foto, é possível efetivar a matrícula com a certidão de nascimento. No caso dos maiores de idade que não tiverem RG, será aceito outro documento oficial com foto. Em casos excepcionais, onde o candidato à vaga não tenha nenhum dos documentos, será dado um prazo para entrega do mesmo na escola de destino. A ausência do documento não impede a matrícula.

CRECHES

Atualmente a rede municipal de ensino conta com 24 unidades, 20 próprias e quatro conveniadas. Este ano, devido à pandemia do novo coronavírus, o procedimento para matrículas em creches da rede municipal de ensino será totalmente on-line. Para isso, o sistema passa por uma série de melhorias e atualizações, visando garantir uma melhor performance. A divulgação de todo o processo será realizada assim que a data para o retorno das aulas na rede municipal for definida.

 

RETORNO DAS AULAS PRESENCIAIS

A Secretaria Municipal de Educação (Semed-Manaus) informa que as aulas presenciais só devem retornar após autorização dos órgãos sanitários, mas que já trabalha na criação de um plano de ação para o retorno. O órgão afirma que preza pela segurança dos servidores e alunos, por isso, a volta das atividades nas unidades de ensino só deve acontecer quando a pandemia em Manaus estiver controlada, com um número menor de infectados. A Semed reitera que, infelizmente, a pandemia do coronavírus segue fazendo vítimas no mundo inteiro, portanto, continuará cumprindo as recomendações dos órgãos de saúde, tanto nas escolas, como na sede.

 

PROJETO AULA EM CASA

O último episódio do “Aula em Casa” foi ao ar no dia 16/12. O programa contou com a participação de 28 professores da Prefeitura de Manaus e seis intérpretes de libras, que participaram diretamente nas gravações. No total, foram ao ar 356 vídeos, divididos em Língua Portuguesa, Matemática, Ciências, Geografia, História, Educação Física e do projeto English For Kids.

O primeiro episódio do projeto foi ao ar no dia 1º de abril, para atender os alunos da Secretaria Municipal de Educação (Semed) e da rede estadual, que por conta da pandemia do novo coronavírus, tiveram as aulas presenciais suspensas.

Na rede municipal de ensino, até outubro, mais de 175 mil alunos do Ensino Fundamental 1, que corresponde a turmas do 1º ao 5º ano, e do Fundamental 2, 6º ao 9º ano, estiveram engajados no projeto. A Semed atendeu em 2020 mais 242 mil estudantes, destes, 147.168 mil estão matriculados no Ensino Fundamental.

Gravações

As gravações das aulas aconteciam durante a semana no Centro de Mídias de Educação do Amazonas (Cemeam), da Seduc-AM, no bairro Japiim, zona Sul. Os episódios inéditos iam ao ar às segundas, quartas e sextas-feiras, com reprise as terças e quintas-feiras pelo YouTube, no canal “Aula em Casa no Amazonas”, e também na TV aberta nos canais 2.5 e 32.5, da TV Encontro das Águas.

A elaboração dos conteúdos para as turmas de 1º ao 5º ano foi de acordo com os eixos de habilidades da proposta curricular da Semed, sempre fazendo link com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

 

NOSSA MERENDA (CARTÃO MAGNÉTICO)

Prefeitura de Manaus começou a entregar a segunda remessa de cartões, com o valor de R$ 150 (referente a três parcelas de R$ 50), aos alunos da Secretaria Municipal de Educação (Semed). O auxílio faz parte do programa “Nossa Merenda”, ampliado pela Lei nº 2.699, de 29 de outubro de 2020, para todos os estudantes regularmente matriculados na rede municipal de ensino. Nos próximos dias, mais de 26 mil alunos devem receber o benefício, totalizando, aproximadamente, 160 mil beneficiados.

Na primeira remessa, em dezembro, foram distribuídos 132.731 cartões e agora serão entregues mais 26.473, alcançando 68% da rede. Dados incorretos de alguns alunos acabaram atrasando a confecção dos cartões e por isso a entrega a todos os estudantes da rede levará um pouco mais de tempo.

Entrega dos cartões


A entrega aos pais ou responsáveis está condicionada à devida atualização cadastral destes junto à Semed, com informações como nome do responsável atual pelo aluno e número do Cadastro de Pessoa Física (CPF). As escolas entrarão em contato com os pais ou responsáveis para informar o dia e o horário que eles devem ir até a unidade de ensino receber o cartão. O agendamento é para evitar aglomerações.

O crédito de irmãos cadastrados com o mesmo CPF será realizado em um único cartão. Já os irmãos que estão cadastrados com CPF diferentes, receberão o valor em cartões separados.

CONCURSO E CONVOCAÇÃO

A Secretaria Municipal de Educação (Semed-Manaus) informa que o último concurso realizado pelo órgão teve homologação do resultado final em 2018. A princípio, o certame foi destinado a preencher 400 vagas, sendo nomeados mais de 3 mil convocados no cadastro de reserva. No total, já foram realizadas 26 convocações, seis somente em 2020. A previsão é que uma nova convocação aconteça para o início do ano letivo de 2021.

CARGA DOBRADA

O regime de carga dobrada é temporário, pois nenhum servidor efetivo pode ser lotado em outra cadeira. Portanto, o regime é anulado a partir do retorno às atividades do profissional a quem a carga horária pertence.

Carga dobrada é uma das modalidades em que o município de Manaus substitui os professores afastados, conforme estabelece a Lei nº 1.126 de 5 de junho de 2007, que trata do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração dos Profissionais do Magistério e adota outras providências:

Art 32. Os Profissionais do Magistério:

I – Cuja jornada de trabalho do respectivo cargo de provimento efetivo for de vinte horas semanais, quando investidos em funções especiais do Magistério, perceberão o subsídio estabelecidos nas tabelas do Anexo V desta Lei;

VI – exercício das atribuições do cargo efetivo em:

  1. b) em regime da carga dobrada pelo professor, cuja jornada de trabalho do correspondente cargo efetivo é de vinte horas;

 

ALIMENTAÇÃO ESCOLAR (até 2020)

Na rede municipal de ensino existe uma equipe de nutricionista que elabora o alimento que deve ser fornecido aos mais de 240 mil alunos, entre eles estão mais de 70 itens que compõem a merenda escolar com carboidratos (pão, biscoitos, arroz, macarrão, feijão, entre outros), proteínas (carne bovina, frango e filé de peixe), além de frutas e verduras. Não existe diferença da merenda servida para os alunos das escolas rurais e urbanas.

FUNDEB

O Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) é utilizado no pagamento dos profissionais, manutenção das escolas e também no aumento salarial, que foi concedido este ano. Vale ressaltar que só existe rateio na verba quando há sobra do recurso.