17/08/17 | 16:07
Palestra reforça conscientização nas escolas sobre economia de energia

Diretores de escolas da rede municipal localizadas na zona Oeste participaram, na manhã desta quinta-feira, 17/8, de uma palestra com técnicos da Eletrobras Amazonas sobre economia de energia. O objetivo é fazer cumprir o decreto municipal 3.179, de 29 de setembro de 2015, assinado pelo prefeito Arthur Virgílio Neto, que prevê a redução de gastos de energia elétrica em 20% no âmbito das secretarias municipais. O encontro aconteceu no auditório da Divisão Distrital Zonal (DDZ).

Desligar os condicionadores de ar durante as trocas de turno, nos intervalos para o lanche, ou enquanto as salas estiverem sendo limpas.  Manter as luzes apagadas durante o dia ou quando os ambientes não estiverem sendo utilizados, desligar da tomada aparelhos eletrônicos são atitudes simples que podem diminuir os custos com a conta de luz.

“A secretaria não quer que alunos e professores fiquem no calor ou no escuro. O que queremos com essas palestras é conscientizar  todos sobre o uso consciente da energia elétrica e de que a crise está aí e nós precisamos evitar os desperdícios. Queremos que isso seja um hábito de todos”, explicou o gestor de Contas Públicas da Semed, Artur César.

De acordo com o gerente de infraestrutura da DDZ Oeste, Jorge Leal, o ato de evitar que aparelhos de ar condicionado fiquem ligados quando não estão sendo utilizados também aumenta o tempo de vida útil do aparelho.

“O nosso clima quente faz com que muitas escolas deixem os aparelhos ligados ininterruptamente para amenizar a situação, mas essa atitude pode desgastar o aparelho, reduzindo o tempo de vida útil, precisando ser trocado. Algumas unidades já conseguiram alcançar a meta estabelecida pela secretaria, mas buscamos que isso aconteça com todas”, afirmou.

Durante a palestra os gestores aprenderam como realizar a leitura do relógio medidor de consumo de energia elétrica, que deve ser feito diariamente, no começo ou no fim do expediente. “Os medidores instalados nas unidades de ensino têm um nível de complexidade diferenciado das residências, que possuem baixas cargas de energia. A leitura do medidor é algo simples que qualquer pessoa da escola vai poder fazer”, disse Moisés de Araújo Santos, técnico de engenharia e medição da Eletrobras.

Todas as unidades de ensino, divisões distritais e a sede da secretaria veem realizando atividades de conscientização de economia, que também poderão ser aplicadas pelos servidores em casa, evitando gastos desnecessários. Ana Cilena Barbosa Pontes, diretora do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Raquel de Queiroz, no Bairro da Paz, falou sobre a iniciativa.

“Nós fizemos um plano de ação, onde uma das primeiras atitudes a tomar foi colocar em cada sala o painel de chaves, em que o professor pode ligar e desligar as luzes e o ar condicionado. As próprias crianças são fiscais e alguns pais já nos relataram que até em casa eles estão tomando conta de quem deixa as luzes acessas sem necessidade”, disse ela.

 

Texto: Érica Marinho/Semed

Fotos: Cleomir Santos/Semed

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054