02/09/13 | 16:50
Pais de alunos discutem melhorias usando fundo do ‘Programa Dinheiro Direto na Escola’

Mais de 200 pessoas, entre pais e responsáveis pelos alunos da Escola Municipal Maria do Carmo Rebello de Souza, bairro São José II, zona Leste da capital, participaram da reunião com a direção da escola para sugerir, opinar e tomar conhecimento do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE). O programa é uma parceria da Prefeitura de Manaus com o Governo Federal e disponibiliza os recursos do programa para serem implementados na unidade de ensino.

A ação de gestão democrática e participativa contou com a presença de Jhony Meneses, do Conselho Tutelar da Zona Leste e com a palestra “A importância da relação família e escola”, com Márcio René, além da comunidade em geral. Segundo a diretora da escola, Nizia Feitoza, a interação entre a comunidade, o poder público e educadores é uma forma de direção buscar junto com os pais novos caminhos para melhoria da unidade educacional, além dos responsáveis conhecerem como é utilizado a verba federal oriunda do PDDE.

“A importância desse encontro é fortalecer a ação democrática e participativa, uma vez que nós entendemos que a comunidade interage e faz parte da escola, não só no aspecto financeiro que é o objetivo dessa atividade. Nós coletamos sugestões para elaboração do plano de aplicação do recurso PDDE de 2013. Mas também buscamos melhorar a escola no aspecto pedagógico, em termos de relacionamento e outros itens que são fundamentais dentro do contexto escolar”, disse.

 

O funcionário público Marcilon Coelho Correa, 47, pai de Marlisson Santiago Pereira, 8, e Max Pereira Correa, 17, alunos do 3º e 8º anos da escola, respectivamente, fez questão de assistir a reunião para saber mais sobre os recursos do PDDE. “Participar desse encontro é muito gratificante. Essa parceria da escola com os alunos é muito boa, o projeto que a diretora deseja executar na escola é excelente. A vinda dos pais é a fim de melhorar a qualidade de relacionamento dos nossos filhos”, comentou.

Os pais e responsáveis deixaram sua contribuição com sugestões para melhoria da escola em uma caixinha de sugestões. As sugestões, opiniões e reclamações, serão analisadas por membros do conselho escolar da unidade educacional, onde serão vistas as necessidades, posteriormente, a escola vai elaborar o plano de aplicação dos recursos do PDDE.