13/07/16 | 16:06
Núcleo Gestor vai qualificar profissionais que atuam no sistema socioeducativo

_MG_5302Para melhorar a qualidade no atendimento dos adolescentes que cumprem medidas socioeducativas, a Prefeitura de Manaus e o Governo do Amazonas assinaram na manhã desta quarta-feira, 13, o termo de implementação do Núcleo Gestor Estadual da Escola Nacional de Socioeducação. A solenidade também marcou os 26 aos de criação do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) na capital.

O projeto de formação continuada será organizado em seis módulos para capacitar os profissionais quanto às atividades pedagógicas e na garantia dos direitos dispostos no Sistema Nacional do Atendimento Socioeducativo (Sinase) e Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda).

A medida será encabeçada pela Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) e pelas secretarias municipais da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh), de Educação (Semed) e de Saúde (Semsa). Outros nove órgãos da esfera estadual também participam da iniciativa.

“Além de concretizar a intersetorialidade necessária para o sistema socioeducativo, ele garante que cada secretaria trabalhe nas suas missões institucionais. Vamos implementar ações e formar quadro para esse sistema de atendimento”, afirmou a secretária Graça Prola.

O Estado possui cinco centros socioeducativos para reabilitação de crianças e adolescentes infratores e atende 76 pessoas, sendo 74 meninos e duas meninas no regime de internação. Além deles, mais 25 jovens estão em semiliberdade, onde passam o final de semana com os familiares.

Em Manaus, as medidas socioeducativas “Liberdade Assistida” e “Prestação de Serviço à Comunidade” começaram a ser atendidas pelos Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Creas) a partir de fevereiro de 2015. Atualmente são 291 socioeducandos, sendo a maioria jovens com i_MG_5292dade entre 14 e 17 anos. “Hoje atendemos 80% desse público existente em Manaus. Até o final da semana estaremos entregando à comunidade o quinto Creas, agora na zona Centro-Oeste. Com isso, poderemos atingir 100% desse atendimento, deixando apenas o regime fechado para o Governo do Estado”, afirmou a subsecretária da Semmasdh, Mônica Santaella.

A secretária da Semed, Kátia Schweickardt, destacou que o núcleo será mais uma ferramenta para somar ao trabalho já realizado pela Semed na prevenção ao acesso desses jovens à criminalidade. De acordo com ela, a secretaria possui Centros Municipais de Apoio Pedagógico que fazem o link entre as escolas e as famílias, acompanhando principalmente alunos que apresentem baixa frequência escolar, ou que efetivamente abandonaram os estudos.

“Os problemas de desvios de conduta na adolescência não são privilégio das classes menos favorecidas. Os adolescentes que têm dificuldade de se inserir em certos grupos, para se afirmarem, acabam tendo várias experiências e a atenção da escola é fundamental neste processo. É nessa linha que estamos trabalhando, firmando parceria com as várias instituições e com as famílias, atentos a comportamentos suspeitos. Além de oferecer oportunidades para que esses meninos percebam seus talentos, seja na arte ou nos esportes”, disse.

 

No currículo escolar
_MG_5319A Coordenadora do Programa de Prevenção e Enfrentamento à Violência na Semed, Eliana Hayden, participou do evento e explicou que uma das formas que a educação municipal ajuda na prevenção de atos infracionais é aplicando a temática no currículo escolar dos alunos.

“A Semed trabalha na questão educativa dentro do currículo escolar. Existe toda uma problemática que são os meninos que se envolvem com a criminalidade e eles se evadem da escola. A escola precisa ser mais atrativa para tirá-los da zona de criminalidade e incentivá-los a ficar dentro do ambiente escolar. A Semed trabalha na prevenção, formando o conhecimento do aluno acerca desses temas”.

 

Texto: Leonardo Fierro/Semmasdh e Thiago Botelho/Semed

Fotos: Lton Santos/Semed

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054