06/11/18 | 17:08
Nove projetos de escolas municipais são apresentados na 6ª Feira de Ciências da Amazônia

Nove unidades de ensino da rede municipal de educação estão participando, até quinta-feira, 7/11, na Arena da Amazônia, da 6ª Feira de Ciências da Amazônia (FCA), organizada pelo Ministério da Ciência Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e que conta com a participação da Secretaria Municipal de Educação (Semed), Secretaria de Estado de Educação (Seduc) e instituições de ensino privadas.

A feira faz parte da 15ª Semana Nacional de Ciências e Tecnologia do Amazonas, que em 2018 tem como tema “Ciências para a redução das desigualdades” e contou, no total, com a apresentação de 31 projetos das unidades de ensino publicas e privadas.

As Escolas Municipais Santo André, Professor Paulo César da Silva Nonato, Engenheiro João Alberto Menezes Braga, Jorge Resende Sobrinho, Lucila de Freitas, André Vidal de Araújo e Professora Paula Aliomar Ribeiro Beltrão, fazem parte do Programa Ciência na Escola (PCE). No total, estão envolvidos 27 alunos do 7º ao 9º ano do Ensino Fundamental.

Para o coordenador do PCE na Semed, Rosivaldo Moreira, a atuação de alunos em eventos científicos fora da escola é de estrema importância para o crescimento e conhecimento desses estudantes. “A participação dos nossos alunos em feiras cientificas é de vital importância. É nesse momento que eles socializam os trabalhos que estão desenvolvendo na escola, além de conhecer os projetos científicos de outros alunos”.

Na escola Professora Paula Aliomar Ribeiro Beltrão os alunos desenvolveram um projeto sobre a Educação Física e as adaptações do desenvolvimento da disciplina na Educação do Campo, que tem como objetivo sensibilizar os alunos sobre a importância das atividades públicos para a saúde, buscando alternativas de uso em espaços não formais.

“Com esse projeto a gente pretende mostrar aos alunos do campo a importância das aulas teóricas aliadas às práticas de Educação Física, aproveitando os espaços disponíveis que eles têm”, explicou a aluna do 7º ano, Ariane da Silva de 15 anos.

De acordo com umas das coordenadoras da Feira, Milena Aryce Menta, a Associação Brasileira de Incentivo à Ciência (Abric) credenciará dois alunos de dois projetos para concorrerem à exposição Gênius, que acontecerá em Nova Iorque, nos Estados Unidos. Para ela, essa será uma boa oportunidade das escolas de Manaus mostrarem os projetos científicos desenvolvidos na cidade.

“É interessante mostrar que os alunos das escolas públicas de Manaus estão preparados para participar de exposição científicas internacionais, além de ser uma oportunidade única nas vidas desses adolescentes”, disse ela.

 

Texto: Érica Marinho

Fotos: Divulgação/ Semed

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054