14/04/12 | 16:43
Novas oportunidades de aprendizado

Mais um instrumento com tecnologia integrada ao ensino está sendo desenvolvido em 12 escolas da rede municipal por meio do Sistema Aprende Brasil da Editora Positivo. Nesse primeiro momento 10 mil alunos do 1° ao 9° do ensino fundamental terão acesso ao material que inclui livros didáticos para alunos e professores com 4 volumes anuais de todas as áreas do conhecimento, além da utilização do portal que permite por meio de links/códigos a pesquisa e realização de atividades de acordo com os conteúdos explanados em sala de aula.

Na tarde da última sexta-feira, (13), as escolas municipais Waldir Garcia (São Geraldo) e Carlos Gomes (Compensa) receberam os livros e  demais complementos da editora Positivo com  a presença de representantes da secretaria,  gestores, professores, alunos, pais  e comunitários.

A Diretora do Departamento de Gestão Educacional da Semed, Wissilene Brandão, destacou que o material da positivo é um investimento diferenciado que atenderá 10  mil alunos e 400 professores de 12 escolas municipais.

“De 2 mil alunos saltamos para 10 mil com o intuito de oferecer o que tem de melhor para o ensino, pois é uma ferramenta que pode maximizar melhores condições para o processo de ensino-aprendizagem. Além de um material de qualidade e regionalizado, os alunos terão acesso de forma online, aprenderão brincando por meio  de jogos educativos e interativos e atividades de todas as disciplinas trabalhadas em sala de aula  no Portal Aprende Brasil”, enfatizou a Diretora.

De acordo com a Coordenadora Pedagógica Regional do Grupo Positivo, Keyth Fonseca, o Aprende Brasil é um sistema de ensino diferenciado que iniciou há 40 anos visando a melhoria da aprendizagem.

“O material é composto pelo livro ligado ao portal educacional. Por meio dele será possível um nível de aprendizagem da informática muito grande para as crianças. Elas estarão convivendo com o mundo da tecnologia preparando-os dessa forma  para o mercado de trabalho competitivo. Lembrando que a participação dos pais é fundamental neste processo educacional e para o sucesso da parceria da Editora positivo com a Secretaria Municipal de Educação”, explicou a Coordenadora.

Segundo a gestora da Escola Municipal Waldir Garcia (São Geraldo), Lúcia Cristina,  a unidade que atende 417 alunos do 1° ao 5° ano receberá um material de qualidade com aspectos inovadores no ensino.

“ É um material que inova, como na disciplina de inglês, atendendo os alunos do 1° ao 5° ano, matéria esta que antes não tínhamos material e nas matérias de geografia e história que terão livros à parte onde serão trabalhados os aspectos regionais. Além da qualidade do material, de aspiral e capa dura, onde o aluno será proprietário do seu livro, permitindo que o mesmo faça comentários e observações em seu livro”, explicou a gestora.

A mãe de Franciely Ferreira, 9, (aluna do 4° ano), Isa Martins,  acredita que a aquisição da Prefeitura foi uma ótima iniciativa. “Eu considero uma ótima ideia a Semed investir mais na educação dos nossos filhos. Além das disciplinas trabalhadas, os alunos terão acesso ao material de inglês, língua muito solicitada nos dias atuais. Acredito que agora, o proveito será bem melhor!”, ressaltou a mãe.

A pequena Franciely ficou bastante satisfeita com a chegada dos novos livros. “Eu gostei muito do novo material, principalmente, porque vou poder responder no próprio livro e estudar com mais vontade”, afirmou a aluna.

“Esse momento representa o renascimento e mais um presente que chega à nossa escola. Este material é um salto de qualidade para o cotidiano do aluno representando a melhoria do nosso rendimento escolar e com certeza a mudança significativa em nossos índices educacionais”, ressaltou o gestor da Escola Mul. Carlos Gomes (Compensa), Zacarias Macedo.

Esperançosa que o material ajudará ainda mais na concentração de seu  filho, Alcinéia Pires de Oliveira, 45, que se considera mãe e avó do pequeno Matheus Tavares,8, acredita que os livros possibilitarão a melhoria no desenvolvimento dos alunos. “O estudo com certeza ficará mais interessante para os nossos filhos. Antes o meu filho não prestava muito atenção nas atividades, com os livros ele ficou mais interessado”, afirmou Oliveira.