16/12/11 | 17:00
NATAL EM FAMÍLIA

Na última quarta-feira, (7), a DRE VII promoveu na Quadra Poliesportiva da Escola Municipal Abílio Alencar, localizado no km 35, na AM – 010, a confraternização natalina das escolas da zona Rodoviária juntamente com a comunidade. O evento contou com a participação de cerca de 300 pessoas, dentre elas professores, gestores, líderes comunitários, pais, alunos, chefes de divisão e o secretário da Semed, Mauro Lippi.

O objetivo principal desta ação é confraternizar com a comunidade escolar apresentando os resultados positivos do ano de 2011, estreitando assim os laços entre a DRE VII e as escolas em toda sua dimensão.

Para a chefe de divisão da DRE VII, France Mary, o evento foi positivo. “É um sonho fazer o natal destas crianças em família. Transmitindo assim amor aos pais, pois são eles o esteio e referência para nossas crianças. Sentimento de acolhida e de fraternidade tem que ser exercido por todos”, comenta.

Coral, dramatizações, danças fizeram parte da programação principal da comemoração natalina. Muitas crianças ali presentes puderam sentir a verdadeira essência do natal, a esperança e o amor. Alguns diretores da zona rodoviária também marcaram presença, tais como Carlos Santos, Joana Vieira, Manoel Adriano, Ouvidor Sampaio, São José, José Marques de Abreu e Lago e Silva, prestigiaram as atividades.

Um dos momentos mais esperados por todos foi o coral da escola Abílio Alencar, que reuniu 10 crianças que apresentaram a canção: então é natal. Os alunos emocionaram a todos os presentes. No final da atividade várias pessoas aguardavam o sorteio dos brindes oferecidos pela divisão como cestas básicas, cestas natalinas entre outros.

Para a dona de casa, Maria das Graças, esse tipo de atividade tem que acontecer muitas vezes. “Estou contente porque é difícil a gente ter este encontro com as outras pessoas. Mas vejo que o diretor e toda sua equipe estão proporcionando uma manhã diversificada para nós da comunidade e isso é importante porque nos sentimos parte da escola”, afirma.

Outro destaque foi a apresentação da Escola Municipal Manoel Adriano, com a peça teatral “Um catador de papel”, adaptado pelo professor Júlio Marques da Silva do autor Fernando Carraro. A dramatização conta o dia a dia das crianças que vivem na rua, que não tem um lar, uma família e não podem frequentar uma escola. “Essa é uma realidade que assola grande parte da população brasileira e precisamos combater esse mal”, afirma Silva.

Para o secretário da Semed, Mauro Lippi, a família é a base de tudo. “Os pais têm uma grande missão na educação de seus filhos, e por isso são os grandes responsáveis no processo educativo. A educação começa de fato em casa, com seus hábitos e costumes, a escola servirá como complemento na sua formação. Temos por obrigação resgatar nossos filhos das drogas. Os problemas estão próximos de nós e por isso temos que contar com a ajuda da família”, afirma Lippi.

Durante sua fala o secretário garante que em 2012 todas as escolas da área rural receberão materiais didáticos adaptados e outras sofrerão reformas emergenciais. “Muitas escolas ainda precisam ser reformadas, mas com a ajuda e compreensão de vocês iremos vencer esta batalha. Tivemos muitos avanços na área rural e a secretaria está cumprindo sua missão com essa região que até então estava abandonada. Este ano foi possível comprar novas lanchas para atender aos alunos da zona ribeirinha. Priorizamos a entrega dos materiais didáticas e esportivos e também na distribuição da merenda escolar a todas as escolas desta zona. O que queremos é que nossas crianças cresçam com saúde e recebam uma educação de qualidade. Mas tudo o que aprendi à frente da Semed, em se tratando de educação, aprendi com os verdadeiros guerreiros da educação de nossa cidade, os professores”, comenta emocionado.