28/09/15 | 16:25
Municipíadas encerram com disputas no xadrez

Xadrez municipíadas DDPM. Fotos Cleomir Santos (10)A modalidade de xadrez marcou o encerramento de competições da 18ª edição das Municipíadas, na manhã desta segunda-feira, 28. A competição reuniu 11 unidades de ensino da rede municipal de Educação, com um total de 28 alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental. As disputas aconteceram no auditório da Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM) da Semed, localizada na rua Maceió, nº 2000, bairro Parque Dez de Novembro, zona Centro-Sul.

De acordo com a coordenadora da modalidade, a professora de Educação Física Josiane Vale, os jogos ocorreram nas categorias infantil e juvenil, nos naipes masculino e feminino. Para ela, o mais importante não foi apenas a competição, mas principalmente o aprendizado pedagógico que o esporte oportunizou aos alunos.

Xadrez municipíadas DDPM. Fotos Cleomir Santos (21)“O xadrez é um jogo e como todo jogo proporciona o lazer. Além disso, o esporte melhora a concentração dos alunos, a disciplina e o equilíbrio emocional. O nível de jogos está bem interessante esse ano com boas jogadas e disputas. Além disso, se observa que os alunos foram bem treinados. O xadrez é desenvolvido nas escolas por meio dos jogos matemáticos”, explicou.

A competição de xadrez contou com a participação de três alunos da Escola Municipal Jarlece Zaranza, no bairro Amazonino Mendes, zona Norte. O coordenador do Telecentro, Ramses Arenillas, que realiza um trabalho usando ferramentas digitais para ajudar no aprendizado pedagógico do xadrez, disse que a comunidade escolar só ganha com a prática do esporte.

Xadrez municipíadas DDPM. Fotos Cleomir Santos (29)“No geral, a atividade desenvolve o aluno para a vida, por meio de decisões. Os alunos que têm dificuldade de comportamento, o esporte altera logo no primeiro contato e as mudanças são bem visíveis. Em países de primeiro mundo, o xadrez é usado como disciplina nas escolas, pois é um jogo que melhora a pessoa em vários sentidos”, afirmou.

Praticante da modalidade desde os nove anos, a aluna do 9º ano do turno vespertino, Larissa de Almeida Penha, 15, da Escola Municipal José Garcia Rodrigues, Santa Inês, zona Leste, conquistou a medalha de ouro na modalidade juvenil feminino.

“Não gosto de jogar, mas sim de competir, porque o xadrez é muito interessante e fez melhorar meu raciocínio. Outra coisa boa é que estou tendo boas notas, porque para participar das Municipíadas é preciso ter um bom desempenho em sala de aula”, contou.

As 18ª Municipíadas começaram no dia 19 de setembro, com a presença das equipes campeãs das fases classificatórias da rede municipal de ensino. Além do xadrez, houve competições no futsal, futebol, handebol, queimada, voleibol, vôlei de praia, atletismo, judô, jiu-jitsu e tênis de mesa.

Texto: Paulo Rogério
Fotos: Cleomir Santos

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054