29/04/15 | 8:36
Metas são discutidas no primeiro dia de debate do Plano Municipal de Educação

As metas para a formação do primeiro Plano Municipal de Educação (PME) começaram a ser discutidas no Fórum de Debate nesta terça-feira, 28. A discussão sobre o documento base do PME acontece até quinta-feira, 30, na Escola de Serviço Público Municipal (Espi), localizada na Avenida Professor Nilton Lins, Parque das Laranjeiras, zona Centro-Sul, reunindo representantes do Fórum Municipal de Educação (FME), representantes da sociedade civil organizada e governamental, além de convidados e demais interessados.

O debate sobre as metas foi dividido por eixos temáticos, nos quais participantes de cada sala discutiram sobre temas diferentes para dar celeridade ao processo. Neste primeiro dia, foram debatidos cinco eixos, que tratavam sobre a Garantia do Direito à Educação Básica com Qualidade; Redução das Desigualdades de Valorização da Diversidade; Ensino Superior; Valorização dos Profissionais da Educação e Financiamento da Educação e Gestão Democrática.

Debater sobre as 20 propostas e mais de 240 metas que compõem o documento base do PME é um momento histórico, como destacou Rosângela Santos de Oliveira, que estava representando o Instituto Federal do Amazonas (Ifam), e ressaltou a importância de poder contribuir para a elaboração do plano. Oliveira disse, ainda, que até quinta-feira, 30, será possível fazer alterações, caso necessárias, ou complementações.

“Este é um momento ímpar, em que todas as instituições foram convidadas e deveriam participar. Acredito que a divulgação do plano é extremamente necessária, porque é um momento em que se pode construir, implementar, fomentar e efetivar propostas para a criação do primeiro plano de educação de Manaus”, informou.

Representante do Movimento Negro, Gláucio da Gama, acredita que o momento de debate aberto torna a elaboração do PME um momento democrático.

“Para nós do Movimento Negro, é de suma importância participar. Estamos aqui para fazer a diferença e dar a nossa contribuição até o final do processo. Esperamos que todas as proposições que foram trabalhadas, melhoradas e aprovadas durante o debate sejam implementadas”, relatou.

A participação da sociedade torna o plano mais viável de acordo com as necessidades reais da educação do município, como destacou a servidora da Semed, Janaina Paulino, que participou do debate.

“A discussão contextualiza para a realidade de demandas da secretaria e no contexto geral do município. Já houve a consulta pública, onde todos tiveram a oportunidade de expressar suas sugestões e, agora com o debate, o momento é de afinar, de consolidar essas sugestões e formar um documento final que seja possível de ser cumprido de acordo com a realidade do município”, informou.

O debate acontece até esta quinta-feira, 30, das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 16h30, na Escola de Serviço Público Municipal (Espi).

 

Texto: João Pedro Figueiredo

Fotos: Lton Santos

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054