10/01/13 | 15:14
Melhoria na nota do Ideb é o alvo da PMM e do Secretário Pauderney Avelino

Na primeira reunião com os servidores da casa, Pauderney Avelino fala de metas e pede apoio dos servidores à nova metodologia de trabalho que será implementada na Semed.

“Não podemos mais aceitar que a nota do Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) esteja abaixo da média nacional”. Com essas palavras o Secretário de Educação, Pauderney Avelino, iniciou a primeira reunião com os servidores administrativos da Semed, como novo chefe da pasta contando com a presença do vice-prefeito Hissa Abraão. Na ocasião, foram expostas algumas diretrizes de trabalho da nova gestão.

Mais de 500 servidores estiveram presentes no auditório da secretaria e deram as boas vindas ao novo comandante da educação municipal. Em sua fala, Pauderney deixou claro que conta com o apoio dos funcionários da casa e que a principal meta, já neste primeiro ano de trabalho, é melhorar a nota das escolas no Ideb.

“Cada um de vocês será peça importante no trabalho que vamos fazer aqui. Não vamos aceitar o nosso Ideb abaixo da média nacional. Vamos mudar paradigmas e contamos com vocês. Temos que olhar para frente e esquecer o que passou, agora é um novo tempo”, disse.

O vice-prefeito Hissa Abraão, representante do Prefeito Arthur Neto que não foi à reunião por problema de saúde, ressaltou a importância do trabalho em conjunto entre secretário e funcionários e pediu um voto de confiança dos servidores para a nova gestão. “Queremos implementar um novo modelo de educação. Vocês já podem ter ouvido esse discurso, mas tenham esperança nisso, se permitam dar uma chance para construir uma educação de qualidade sob o comando do Pauderney. Ele é um secretário novo, com ideias novas para fazer uma educação diferente”, disse.

Segundo a funcionária da Folha de Pagamento, Dliane Alves, que trabalha na Semed há mais de 15 anos, a reunião foi descontraída e bastante esclarecedora. Na opinião dela, o clima tenso, criado a cada mudança de gestão, não é percebido agora.

“Achei o secretário super receptivo e os servidores estão animados. Não há um clima tenso como em outras épocas. Achei interessante ele (Pauderney) falar para não olharmos para o retrovisor. Eu concordo, porque realmente não se faz futuro olhando para trás”, falou.

Escola da mulher

Em seu discurso, Hissa Abraão afirmou que será construída a escola da mulher, que atenderá jovens mães impossibilitadas de estudar por não terem onde deixar seus filhos no horário de aula.

“É uma proposta de campanha que vamos por em prática. Será um ambiente acoplado a algumas escolas para atender as adolescentes mães, para que elas não parem de estudar”, afirmou.

Parcerias com empresas privadas

Pauderney explicou que usará seu bom relacionamento com as empresas do Polo Industrial de Manaus (PIM) para buscar parcerias que subsidiem projetos educacionais.

“Vou conversar com empresas como a Samsung e a Coca-Cola e tentar buscar recursos para implementarmos projetos de pesquisa nas escolas de Manaus”, disse.