21/05/18 | 9:04
Matrículas do Projovem Urbano podem ser feitas em qualquer unidade de ensino da Semed

As matrículas para a edição 2017/2018 do Projovem Urbano, Programa Nacional de Inclusão de Jovens, podem ser feitas em qualquer unidade de ensino da Secretaria Municipal de Educação (Semed) até o dia 05/6, com previsão de prorrogação. Neste ano, o Projovem pretende matricular 2.800 alunos e as aulas acontecerão em 14 unidades da rede.

A designação de vaga será feita nas unidades de ensino do município, por meio do Sistema Integrado de Gestão do Amazonas (Sigeam). Depois de solicitar a vaga, já com a carta de designação e originais e cópias do CPF, RG, comprovante de residência atual,  histórico escolar  e uma foto 3×4, o candidato dever ir à escola que escolheu,   para finalizar o processo de matricula.

A falta do  comprovante de escolaridade não impedirá a realização da matrícula.  Neste caso, no ato de entrega dos documentos, será feito um teste de proficiência com o aluno, seguindo as normas do Ministério de Educação (MEC), apenas para verificar se o candidato sabe ler e escrever.

Outras informações sobre as inscrições do Projovem Urbano Manaus podem ser obtidas pelos números 3642-3156 / 99962-5947 / 98842-5238.

O Projovem Urbano é direcionado para pessoas entre 18 e 29 anos, que não tenham concluído o Ensino Fundamental e que saibam ler escrever. Nesta edição, além do Ensino Fundamental, o aluno terá acesso a cursos de qualificação profissional inicial na área de inclusão digital e, também, ações de cidadania no  ambiente escolar.

Sobre a nova forma de ingresso no programa, a coordenadora do Projovem, Maria de Nazaré Vicentim, disse que ideia visa oportunizar e flexibilizar o  acesso aos benefícios que projeto oferece. “A matrícula em qualquer unidade de ensino é uma forma do interessado evita, por exemplo,   gastar dinheiro com transporte para pleitear uma vaga e, principalmente,  não perder a oportunidade de concluir o Ensino Fundamental”, destacou.

Histórias de sucesso

O Projovem existe desde 2005 e já beneficiou mais de 15 mil pessoas só em Manaus, entre elas está Marcos da Silva Barbosa, que hoje é musico profissional. Marcos concluiu o Ensino Fundamental na Escola Municipal Rosa Sverner, no bairro Jorge, zona Leste. Além do ensino regular o ex-aluno fez diversos cursos no período que participou da iniciativa, como atendimento ao público e assistente administrativo.

Hoje, trabalhando em uma rádio AM como locutor, ele reconhece a importância do programa em sua vida. “Eu tenho muito a agradecer ao Programa. Com ele pude me preparar para fazer um  bom ensino médio, ter uma perspectiva de futuro melhor e almejar coisas melhores”, disse.

Outra pessoa beneficiada com o Programa foi Roseneuli Pereira Reis que também  conclui o ensino fundamental na Escola Rosa Sverner. Além da formação acadêmica, a ex-aluna do projeto teve  oportunidade fazer curso profissionalizante de turismo, sendo formada hoje em Serviço Social. Segundo Roseneuli o Programa foi o principio de um sonho, de ingressar e terminar um curso superior.

“O Projovem foi muito importante, me deu oportunidade de terminar o ensino fundamental, de ingressar no ensino médio e realizar o sonho da minha vida, que era  de ser Assistente Social”, falou.

 

Texto: Emerson Santos

Fotos: Rodemarques Abreu/  Semed

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054