07/10/16 | 17:18
Manaus ganha a 14ª Creche Municipal

07-10-16-Inauguração cheche Luzenir Lopes.Foto-Karla Vieira (1)A Creche Municipal Professora Luzenir Farias Lopes, na Comunidade São Sebastião, bairro de São Francisco, zona Sul, foi inaugurada nesta sexta-feira, 7. A nova unidade atenderá 150 crianças de 1 a 3 anos e vai iniciar as aulas na próxima segunda-feira, 10. Com esta, somam-se 14 as creches administradas pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed).

A estrutura da nova unidade conta com salas de repouso, de atividades e multiuso, fraldário, lactário, solário, pátio coberto, área de recreação descoberta, playground, refeitório, banheiros comuns e adaptados, área externa, recepção, secretaria, almoxarifado, sala de professores, sala de direção e coordenação, cozinha, despensa, lavanderia, depósito de material de limpeza e depósito de lixo. Com ela, a rede pública municipal de ensino de Manaus passa a atender aproximadamente 4.300 crianças em idade de creche.

Além da preocupação com a infraestrutura do prédio, a Semed disponibiliza nesta e nas outras creches já entregues um corpo docente preparado para estimular cinco aspectos de grande importância no desenvolvimento das crianças: o motor; o psicológico; o cognitivo; o afetivo; e o social.

07-10-16-Inauguração cheche Luzenir Lopes.Foto-Karla Vieira (4)Gestores, pedagogos, professores formados em pedagogia, a maioria com pós-graduação em educação Infantil, técnicos de enfermagem, assistente social, além de serviços gerais, são os responsáveis por tornar as creches municipais em espaços educativos e de construção de conhecimento para os alunos.

“As creches não são espaços apenas para cuidar das crianças pequenas, e sim, um espaço de educação, primando pela educação integral. Assim, passa pelo aspecto motor com as brincadeiras, o psicológico com as conversas, o cognitivo, afetivo e social com a interação com os outros alunos por meio das atividades”, explicou a chefe da Gerência de Creches da Semed, Wissilene Brandão.

Ainda de acordo com Wissilene, os professores trabalham um currículo próprio para a modalidade creche com atividades voltadas para utilização de materiais pedagógicos, brinquedos e os amplos espaços das unidades com o objetivo de desenvolver o conhecimento das crianças.

07-10-16-Inauguração cheche Luzenir Lopes.Foto-Karla Vieira (10)Para a dona de casa Maria Hermita, 53, a creche vai garantir às mães do conjunto São Sebastião a tranquilidade para trabalharem enquanto deixam seus filhos no espaço. “A creche vai beneficiar diversas mães do bairro, que precisam trabalhar e não tem com quem deixa seus filhos”, disse a avó da aluna Beatriz Souza, de 3 anos.

“Este é um momento de muita alegria. A Prefeitura começou, em 2013, com uma única creche e hoje chegamos a nona obra concluída, além das quatro conveniadas, somando 14 creches em Manaus. Com isto, não estamos só garantindo que as crianças tenham  este tipo de  atendimento desde bebê, mas também o direito das mulheres trabalharem e deixarem seus filhos com segurança”, destacou a secretária da Semed, Kátia Schweickardt.

Atendimento

04-10-16-Creche Mun. Gabriel Corrêa Pedrosa. Fotos Karla Vieira. Semcom133Diariamente, as creches municipais realizam atividades que estimulam as crianças à independência, à autoafirmação e à formação de sua identidade.

Um desses espaços é a Creche Maria Luiza da Conceição da Silva, na Av. Itaúba, bairro Jorge Teixeira, zona Leste. “Fazemos um trabalho todo especial para essa faixa-etária, por meio de atividades lúdicas, materiais concretos e danças. Elas participam brincando e, assim, conseguimos ensinar melhor. Criamos rotinas de costumes e hábitos que vão desde a hora do soninho até a hora das refeições”, explicou a gestora, Andréa Vale.

Outra creche que segue esse padrão é a Gabriel Corrêa Pedrosa, na rua Sebastião Romano, Conjunto Rio Xingu, Compensa, zona Oeste, que atende 160 alunos. A gestora, professoras e os demais profissionais da unidade buscam integrar as crianças e criar laços afetivos para que desenvolvam aspectos positivos na relação humana.

Há casos de crianças que precisam de cuidados diferenciados, como Paulo Henrique, 4, que tem a síndrome do espectro do autismo, mas com as atividades realizadas na creche, o aluno já apresenta um desenvolvimento na comunicação e interação com os colegas e professoras.

Para a professora Gilcélia Bezerra, o mais importante é unir a educação com o cuidado. “Trabalhamos uma tríade: o brincar, o educar e o cuidar”.

Creches Próprias:

  1. Creche Municipal Eliana de Freitas Moraes, Na Rua 16 de Agosto, Riacho Doce 3, Cidade Nova;
  2. Creche Municipal Escritor Manuel Octávio Rodrigues de Souza, Av: Solimões c/ Rua 17- s/n°- loteamento Jardim Mauá- Bairro-Distrito Industrial;
  3. Creche Municipal Profª Maria Ferreira Bernardes, Rua: Fazendinha s/n°- Comunidade Fazendinha – Bairro: Cidade Nova;
  4. Creche Municipal Magdalena Arce Daou, Rua: Prof. Carlos Mesquita, s/n° – Bairro S. Luzia;
  5. Creche Municipal Profª Virgínia Marília Mello de Araújo, Rua: Carapanaúba, s/n°, Comunidade Cidade do Leste- Bairro: Gilberto Mestrinho;
  6. Creche Municipal Ana Lopes Pereira, Rua: Álvares de Azevedo, s/n° -Conj. Aruanã-  Bairro Compensa  2;
  7. Creche Municipal Neide Tomaz Avelino, Rua: Mutum-Etê, s/n, Bairro Jorge Teixeira – Comunidade Cidade Alta;
  8. Creche Municipal Gabriel Corrêa Pedrosa, Rua: Sebastião Romano, s/n, Conj. Rio Xingu- Bairro Compensa;
  9. Creche Municipal Maria Luiza da Conceição Silva, Avenida Itaúba, Jorge Teixeira;
  10. Creche Municipal Profª. Luzenir Farias Lopes, na Rua Rio Amazonas, Comunidade São Sebastião, São Francisco.

Creches Conveniadas:

  1. Creche Pré-Escola Marília Barbosa;
  2. Creche Pré-Escola Zezé Pio de Souza;
  3. Creche Pré-Escola Infante Tiradentes;
  4. Creche Casa da Criança.

 

Fotos: Karla Vieira / Semcom e Cleomir Santos/ Semed

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054