15/08/14 | 17:26
Mais de 600 alunos participam de Feira de Ciências da Esc. Mul. Jorge Teixeira

 

Cerca de 680 alunos do 1º ao 6º ano do Ensino Fundamental da Escola Municipal Jorge Teixeira, Comunidade Grande Vitória – Gilberto Mestrinho, zona Leste da cidade, participaram nesta sexta-feira, 15, da 2ª Feira Municipal de Ciências, Tecnologia e Educação Ambiental.

Na oportunidade, os alunos trabalharam subtemas em sala de aula, com foco no “Magnetismo”, Área e Perímetro”, “Avanço da Tecnologia” e “ Coleta Seletiva”. Durante dois meses, os professores orientaram os alunos de como realizar os trabalhos apresentados no evento. Foram abordados as causas, consequências, particularidades, benefícios e soluções para determinado assunto.

A pedagoga da escola, Fabiana Martins Pereira, disse que os alunos puderam interagir com todos os temas, mas principalmente adquiriram conhecimentos que vão levar para toda vida.

“O professor trabalhou juntamente com toda equipe, após o consenso sobre os assuntos nesse período de pesquisa, teve uma grande relevância de aprendizagem. Os alunos se interessaram nos estudos, onde foram a campo e trouxeram coisas do cotidiano deles. Cada trabalho é de grande importância no aprendizado de nossos alunos, porque eles colocaram em prática, explicaram e jamais vão esquecer.”, completou.

A doméstica, Rosinete de Oliveira Souza, 35, é mãe das alunas Ana Raissa, 11, do 5º ano, e Ana Rayra, 8, do 3º ano. Ela disse que sempre participa das atividades da escola, que não perde a chance de visitar e até saber um pouco mais do que se aprende dentro do ambiente escolar.

“Gostei muito de tudo e visitei todas as salas da feira. A sala 10, por exemplo, tinha o magnetismo, achei muito interessante, porque aprendi muito com as explicações dos alunos. Eu gosto de acompanhar minhas filhas em todos os trabalhos na escola. Sou muito participativa e vejo como é bom a dedicação dos professores aqui”, relatou.

Jonas Evilásio Alves, 10, aluno do 5º ano vespertino, teve a oportunidade de aprender sobre “Área e Perímetro”. Para o jovem estudante, ele aprendeu muito, principalmente sobre como proteger o meio ambiente.

“Nós realizamos um trabalho de medida na secretaria, em sala de aula, onde fizemos algumas medidas para construir as maquetes para apresentar na feira. Por exemplo, não é bom se as sobras das medidas ficarem expostas, elas têm que ser armazenadas para não prejudicar o meio ambiente”, disse.

 

Texto e Fotos: Paulo Rogério Veiga

 

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054