30/07/20 | 16:42
Mais de 490 gestores participam do segundo módulo de formação sobre Educação Integral

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) encerrou nesta quinta-feira, 30/07, o segundo módulo da formação para gestores. Com o tema “Projeto de Vida e as Experiências da Educação Integral”, o encontro virtual contou com a participação de 497 gestores escolares. As plataformas utilizadas para essa formação foram Google Sala de Aula, e o Google meet e Whatsapp.

A proposta formativa se desenvolve a partir de 4 Módulos de Formação desenhados por meio do conceito de Territórios Formativos, onde foram apresentadas propostas de estudo para ampliação do repertório, espaço de reflexão da prática de gestão e a ressignificação do seu fazer.

De acordo com a chefe da Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM), Rita Ester, a formação continuada dos gestores das escolas públicas municipais tem o objetivo de promover o estudo e a reflexão sobre o processo de participação e escuta na perspectiva da educação integral.

“Olhando para além do cenário atual, é uma experiência que tem nos enriquecido muito porque estamos trabalhando o processo formativo eminentemente de forma colaborativa e coletiva. É um processo que tem gerado muitas aprendizagens a todos nós, porque é um dos princípios da educação integral, nós olharmos para as singularidades dos sujeitos e das nossas realidades”, explica Rita.

Este segundo módulo foi dividido em dois territórios. No primeiro dia, 29/7, foi realizado o território 4 – Educação Integral: Saberes e Experiências Compartilhadas, cujo o objetivo foi conhecer os princípios que fundamentam a Educação Integral, assim como compartilhar as práticas vivenciadas nas escolas de Manaus.

Nesta quinta, 30/7, foi a vez do território 5 – Projeto de Vida: Uma Estratégia Necessária para a Educação Integral e o objetivo foi construir um projeto de vida, considerando as habilidades e competências necessárias para uma gestão democrática na perspectiva da Educação Integral.

Plataformas

As estratégias utilizadas são a descrição do percurso formativo em territórios, materiais, vídeos e atividades postas nas salas Google classroom para potencializar a comunicação, compreensão e aprendizagens dos gestores sobre educação integral. Pelo Google Meet são realizados os diálogos e fóruns sobre o tema dos módulos vivenciados no espaço virtual do meet, disponibilizado na própria sala de aula Google. Pelo Whatsapp, cada turma de gestores possui seu próprio grupo para favorecer a comunicação e interação entre os participantes.

De acordo com a formadora da Gerente de Formação Continuada (GFC), Ana Claudia Souza, atualmente eles trabalham com 20 salas virtuais com 25 gestores em cada.

“Também utilizamos os e-mails institucionais dos gestores, como um instrumento potencializador da comunicação e repasse de informações, materiais e o Google agenda entre os gestores mediadores, onde são repassados os convites de reuniões para a construção e ajustes dos processos formativos”, acrescentou Ana.

Formação Colaborativa

Na formação, gestores participam da formação como mediadores e como alunos. Francineide Bento, gestora da Escola Municipal Dr. Aristofanes Bezerra de Castro, uma unidade de ensino que já utiliza a metodologia do Ensino Integral, é uma das mediadoras.

“Apresentamos territórios e os gestores vão se apropriando da ideia da Gestão Integral através de textos, vídeos sobre o tema e principalmente através da vivência dos gestores que já atuam com Educação Integral nas escolas de Manaus, inclusive nós da Aristofanes Bezerra de Castro”, acrescentou.

Para a gestora da Escola Municipal Coronel Jorge Teixeira, Walcicleidy da Silva de Souza, a formação foi maravilhosa.

“Desde 2018 já estamos buscando implantar a proposta de Educação Integral. Tivemos formações na própria escola com os funcionários e com a gestora do Cime Zilene Trovão. É um aprendizado para toda comunidade”, concluiu.

 

Texto: Alexandre Abreu

Fotos: Divulgação

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação