05/11/15 | 16:28
Mais de 200 alunos das Ocas do Conhecimento Ambiental visitam Parque do Mindu

_MG_0067O Parque Municipal do Mindu, administrado pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), recebeu nesta quinta-feira, 5, a visita de mais de 200 alunos atendidos pelas OCAs do Conhecimento Ambiental, geridas pela Secretaria Municipal de Educação (Semed), nas zonas Leste e Norte da cidade.

O objetivo da visita foi o de promover um dia de atividades alusivas à data comemorativa ao Sauim-de-coleira (20/10), espécie de primata criticamente ameaçada de extinção, com exposições de desenhos feitos pelos próprios alunos, caminhadas pelas trilhas, jogos ambientais, piquenique e uma gincana com perguntas e respostas sobre a espécie.

O projeto das OCAs é desenvolvido por meio de parceria firmada entre a Semed e a Vara Especializada em Meio Ambiente e Questões Agrárias (Vemaqa), do Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas (TJAM), com apoio da Semmas.

_MG_0082As OCAs do Conhecimento funcionam como espaços não-formais de educação ambiental, onde é possível desenvolver ações socioeducativas que sensibilizem e despertem o interesse de crianças e jovens, alunos da rede municipal ou egressos dos Centros de Referência de Assistência Social da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh) para as questões ambientais. As atividades acontecem sempre nos horários do contraturno escolar, tendo a temática ambiental como foco.

A assessora pedagógica das OCAs, Michele dos Santos, explica que para a grande maioria das crianças foi a primeira oportunidade de visitar uma unidade de conservação. “Nossa intenção foi a de possibilitar a eles esse contato com a fauna e flora do Parque do Mindu, onde é possível avistar grupos de sauins e outras espécies de animais silvestres”, afirmou.

Atualmente, há quatro OCAs em funcionamento na cidade, das quais três estão sob a coordenação da Semed – as OCAs Zona Leste (Grande Vitória), Zona Norte (Nova Cidade) e Puraquequara (Comunidade Bela Vista) – e uma gerida pelo Centro de Instrução de Guerra na Selva (Cigs). Na visita ao Parque do Mindu, os grupos foram recebidos pela equipe da Divisão de Educação Ambiental da Semmas.

_MG_0097As crianças puderam percorrer as trilhas do parque e participar dos jogos ambientais, brincadeiras e atividades físicas, sob a orientação do chefe da Divisão de Educação Ambiental da Semmas, Raimundo Araújo. Ele ressaltou a importância desse contato com a fauna e flora para as crianças. “Procuramos desenvolver atividades de recreação e interação com a natureza, aproveitando para repassar ensinamentos sobre o sauim-de-coleira, bem como a questão das queimadas e dos resíduos sólidos, entre outras. Foi muito gratificante ver a alegria de todos eles em conhecer o Parque do Mindu”, afirmou.

A coordenadora disse, ainda, que as crianças passam o ano inteiro estudando sobre os temas nas escolas e, hoje, acontece a culminância de todo o trabalho realizado pelos professores. “É muito legal ver a reação deles, pois as crianças estudam em sala de aula, fazem pinturas e cartazes sobre determinando bicho e aqui, muitas vezes, eles têm o primeiro contato com o animal e ficam entusiasmados”, destacou.

Para o estudante da Escola Municipal Professora Aurenízia Costa de Jesus, Abrão da Silva, 11, a visita ao parque foi um momento para entrar em contato com a natureza e por em prática tudo o que aprendeu na OCA. “Eu gosto de fazer esses passeios que nos ajudam a aprender bastante. Eu sempre oriento meus vizinhos a não queimarem lixo e chamo a atenção quando estão fazendo algo que prejudica o meio ambiente”, disse ao lado do cartaz que pintou sobre o símbolo do nível crítico do sauium-de-coleira.

Texto: Assessorias da Semmas e Semed
Foto: Lton Santos

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054