25/09/14 | 16:05
Mais de 180 professores participam do Fórum da Cor da Cultura

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) realizou, na manhã desta quinta-feira, 25, no auditório Luiz Geraldo Pontes Teixeira do órgão, o ‘Fórum A Cor da Cultura’. A abertura do evento contou com a presença de 180 professores, que lidam com a temática em diversos projetos realizados pela rede municipal de ensino. O fórum é tido como a terceira etapa do projeto na rede de ensino.

A Cor da Cultura é um projeto educativo de valorização da cultura afro-brasileira, fruto de uma parceria entre o Canal Futura, a Petrobrás, o Centro de Informação e Documentação do Artista Negro (Cidan), a TV Globo e a Secretaria Especial de Políticas de Promoção de Igualdade Racial (Seppir).

Considerado como a segunda parte do projeto A Cor da Cultura, os educadores vão apresentar os trabalhos desenvolvidos nas escolas municipais nos dois primeiros momentos em 2010 e 2011, de acordo com material disponibilizado pela coordenação do projeto, dentro da temática da cultura afro-brasileira.

Segundo a coordenadora da Adversidade na Semed, Lídia Helena, o fórum tem como meta a valorização da cultura afro-brasileira e a Semed o cumprimento da responsabilidade jurídica na implementação da Lei 10.639/2003, que trouxe a obrigatoriedade do ensino histórico cultural africano e afro-brasileiro.

“A nossa rede é percursora, desde 2003, de projetos voltados à temática, dentro de nossas escolas, onde nós temos uma estrutura ímpar, que nenhum outro Estado tem. A Semed luta pela prevenção, combate ao preconceito, à discriminação e ao racismo. Nós temos como primícia uma educação de qualidade, que visa o respeito as diferenças, ao outro, independentemente de qualquer diferença que exista entre as pessoas. As nossas escolas têm recebido formação para isso ao longo do ano “, comentou.

A coordenadora do projeto A Cor da Cultura disse que a parceria com a Semed tem tido bons projetos com os alunos, que são na verdade os multiplicadores da temática na família, com amigos e na comunidade em geral.

“Essa parceria com a rede municipal de Manaus já vem de longa data, da etapa passada do projeto A Cores de 2010 e 2011, onde estivemos aqui pela primeira vez. Nós estamos voltando agora, numa etapa de acompanhamento para verificar as ações, que foram envolvidas e implementadas pela Secretaria nesse tempo. Temos certeza que o envolvimento de toda a Semed é fundamental dentro da rede, mas principalmente na implementação da lei 10.639/2003”, finalizou.

Com a participação de 750 alunos do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental, a Escola Municipal Lírio do Vale, desenvolve o projeto “Africanidade: valorização e resgate da cultura afro-brasileira”, desde 2010. Segundo a diretora, Maria de Lourdes Paes Lima, a escola participa do projeto, desde o início e já recebeu os dois kits pedagógicos iniciais do programa.

“Esse projeto oferece um suporte muito bom para que os professores desenvolvam ações voltadas para valorização do negro, da sua importância histórica, muitas das vezes esquecidos em nosso material didático. O material do projeto é muito bom, com jogos, pesquisas e informação. Na escola é executado com todas as disciplinas, que abrange a grande contribuição da cultura africana na música, na dança, na culinária, na indumentária, pois isso é importante para que os alunos tenham conhecimento da cultura negra”, avaliou.

A programação, na manhã  desta quinta-feira, 25, contou mesa temática, apresentação cultural de escolas municipais, comunicação de experiências relevantes. No período da tarde, acontecerão na Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM) oficinas temáticas “Contribuindo para a práxis do educador na sala de aula”, salas temáticas “Máscaras africanas”, “Abayomis”, “Yalodê”, Luendesu”, Símbolos adinkras” e “Lendas africanas”

Nesta sexta-feira, 26, acontecerá uma pesquisa-ação, com visita da equipe A Cor da Cultura nas Escolas Municipais Lírio do Vale (manhã) e Ulisses Guimarães (tarde) para acompanhamento dos trabalhos desenvolvidos com a temática afro-brasileira.

Texto: Paulo Rogério Veiga

Fotos: Cleomir Santos

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação (92) 3632-2054