23/07/19 | 17:32
Mais de 100 servidores da DDZ Leste 2  são contemplados com o Programa Manaus Itinerante

A quarta Divisão Distrital Zonal da Secretaria Municipal de Educação (Semed) foi contemplada com o Programa Manaus Itinerante na tarde desta terça-feira, 23/7, no auditório da Associação para o Desenvolvimento Coesivo da Amazônia (Adcam). Desta vez foi Divisão Leste 2. O programa atendeu mais de 140 servidores, entre professores, pedagogos, gestores, administrativos.

O Programa, desenvolvido pelo Fundo Único de Previdência de Manaus (Manausprev), visa  abrir um diálogo com os servidores da Prefeitura de Manaus, com informações sobre previdência social.

Segundo a chefe da DDZ Leste 2, Socorro Duarte, o Programa Manaus Itinerante é interessante porque faz com que os servidores conheçam o trabalho da Manausprev.

“Acho que essa iniciativa aproxima o trabalho da ManausPrev do servidor da Semed que muita vezes está na escola,  que não conhece o trabalho e a  realidade dessa secretaria. Isso porque nós servidores só a conhecemos (ManausPrev)  pelo valor que descontado nosso  contracheque, mas não como instituição. Enfim, acredito que a iniciativa é bastante relevante”, destacou.

O Programa leva uma serie de informações aos servidores do município, dentre elas as  regras para concessão da aposentadoria expostas na lei 870/2005, que trata a legislação previdência para servidores efetivos da Prefeitura de Manaus. Além das mudanças nas regras da aposentadoria com emendas constitucionais, bem como particularidades do novo documento da previdência social que está em análise pelo poder legislativo em âmbito federal.

As informações foram repassadas durante a palestra, proferida pelo analista previdenciário e membro do Comitê de Investimento do Manausprev, Caio César Andrade.  O analista destacou também quem é assistido pelo fundo da previdência municipal.

“Quem são segurados da Manaus Previdência? Os servidores públicos,  que passaram em concurso público e que são nomeados”, explicou.

 

A Divisão Leste 2 tem mais de 2 mil funcionários e lá uma média de   duas pessoas pedem aposentadoria por mês.  E lá não só quem está na eminência de se aposentar está preocupado em ter acesso a informações sobre a previdência social, mas também que falta algum tempo para se aposentar e quer ficar bem informado sobre a previdência.

É o caso do gestor da Escola Municipal Ignês de Vasconcelos, Marcos da Rocha Braga, que tem 41 anos e 24 de contribuição.  Para ele a palestra foi esclarecedora.

“A palestra foi bem didática, estou bastante satisfeito com a forma que o momento foi conduzido. O  que mais me chamou atenção  foi o que falou sobre a  possibilidade de mudança na legislação previdenciária porque pelo o que ele  destacou  eu vou me  aposentar  com 30 anos de contribuição com a  lei vigente, caso seja aprovado a reforma previdenciária, vou me aposentar  com  35 a 38 anos de contribuição, já tenho 24 com professor. Ou seja, a palestra foi bem esclarecedora”, disse.

 

Texto: Emerson Santos
Fotos: Cleomir Santos

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054