18/10/13 | 17:46
Mães do CMEI Elza Damasceno participam de palestra “Outubro Rosa”

O Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Elza Damasceno da Silva, em parceria com a Unidade Básica de Saúde (UBS) FO29, localizada no bairro Santo Antônio, zona Oeste da cidade, realizaram na manhã desta sexta-feira, a palestra “Outubro Rosa – a luta contra o câncer de mama”, com a participação de mães, tias, avós e responsáveis pelos alunos, na escola.

O objetivo do encontro é orientar a comunidade feminina sobre os cuidados, prevenção e orientação do câncer de mama e útero que afeta as mulheres em todo o país, bem como as responsáveis pelas crianças que estudam na escola e que, por uma série de fatores, desconhecem a importância do tema.

Segundo a pedagoga da escola, Lizete Andrade, o trabalho deve começar desde cedo, com orientação envolvendo as meninas da unidade de ensino e as mães que precisam saber mais sobre o tema e ter conhecimento de como lidar com suas filhas quando tiverem mais idade.

 “Nós começamos com as nossas meninas, futuras mulheres, orientando como trabalhar com a prevenção, mesmo ainda pequenas, mas com um vocabulário adequado com a idade delas, onde nós ensinamos o que é o câncer de mama, como pode ser identificado o câncer e depois formulamos convites para as mães durante a semana”, disse.

  Em parceria com a UBS F029, o CMEI Elza Damasceno, participa do Programa Saúde na Escola, que atende as crianças das unidades localizadas no bairro Santo Antônio e adjacentes. A enfermeira da UBS, Tatiane Moreira, foi a palestrante do tema “Câncer de mama e colo de útero”, que destacou os cuidados e prevenção sobre o tema abordado.

  “Essa palestra faz parte do ciclo de atividades que programamos para o mês ‘Outubro Rosa’. Sabemos que, no Brasil, o câncer de mama é uma das doenças que tem atingido as mulheres de forma altamente expressiva. Aqui na região Norte temos grande incidência com o câncer de colo uterino, por isso a importância de orientações quanto aos exames da mama e exames preventivos”, finalizou e disse que qualquer caso identificado será encaminhado a unidade da UBS, para uma consulta mais abalizada para dar continuidade ao tratamento

Mãe da aluna do 1º período Adrieli Monteiro e Silva, 4, a técnica de enfermagem Rosilma Oliveira Monteiro participou da palestra e disse que qualquer tipo de informação é essencial para saber mais sobre o tema que assusta o público feminino.

  “A palestra é muito importante, pois orienta todas as mulheres em relação aos problemas relacionados com a intimidade feminina. Dessa forma, podemos esclarecer nossas dúvidas e as de nossas filhas”.