02/04/12 | 16:05
Literatura amazonense nas escolas municipais
A Secretaria Municipal de Educação (Semed) promove até o próximo dia 14 a Semana da Literatura Amazonense. Todas as 492 escolas da rede municipal de ensino terão atividades relacionadas ao tema.
Pelas próximas duas semanas a Secretaria Municipal de Educação (Semed) vai respirar literatura. No período será realizada a Semana de Literatura Amazonense nas escolas da rede municipal de educação. Em 2012 o homenageado é o escritor e poeta Gaitano Antonaccio. Na manhã de hoje (02), no auditório da Secretaria foi feita solenidade de abertura do avento. Na ocasião, estiveram presentes nomes consagrados, como Celdo Braga e Elson Farias, além do Secretário de Educação, Mauro Lippi.
A Semana da Literatura Amazonense foi instituída em 2005 através da Lei Municipal nº 882 de 19 de setembro, e tem o objetivo de divulgar e promover em todas as escolas da rede municipal ações que valorizem a literatura local e seus escritores.
Segundo a Coordenadora do evento, Loana Portela, a Semana da Literatura tem conseguido alcançar o objetivo de incentivar os alunos a conhecerem e lerem obras de escritores e poetas amazonenses. Além disso, tem sido, também, uma espécie de caça talentos.
“Os alunos passam a ter contato com as obras e também começam a escrever poesias e desenvolver atividades voltadas para a literatura. Na Escola Municipal Leonor Uchôa, por exemplo, eles criaram a Academia de Letras da escola”, falou.
Debate
Durante a cerimônia de abertura da Semana da Literatura os escritores amazonenses Evandro Brandão, Pedro Lucas Lindoso, Elson Farias, Celdo Braga e Gaitano Antonaccio, participaram de uma mesa redonda onde debateram o tema ‘Literatura Amazonense e a Construção da Identidade Regional’. Cada um deles teve pouco mais de dez minutos para fazer suas explanações. Em seguida o público pôde participar fazendo perguntas para os escritores.
Homenagem
Além de ser o nome de destaque da Semana da Literatura Amazonense, o escritor Gaitano Antonaccio também recebeu uma placa de honra ao mérito da Semed.
“Para mim é uma surpresa muito grande ter sido homenageado na Semana da Literatura da Semed, pois, tem muita gente boa e com gabarito para ganhar uma homenagem dessas. Fico lisonjeado porque o reconhecimento em vida faz com que você se estimule mais e trabalhe com mais afinco. Confesso que isso me incentiva a estudar e pesquisar mais para contribuir com essa juventude que tanto precisa, já que acredito que o século XXI é século da sabedoria”, disse.
Atividades
De hoje (02) até o próximo dia 14, as 492 escolas da rede municipal de ensino farão atividades voltadas para literatura amazonense, como: concurso de poesias, dramatização das obras, sarau poético, exposição de livro, entre outras.
“Essas atividades são importantes porque colocam em exposição os contos amazônicos, fazendo com que as escolas também adotem a postura de mostrar qual é a nossa história, os nossos mitos, fazendo com que a literatura cresça e as pessoas possam se instruir e saber as peculiaridades da região que é muito rica”, afirmou o Secretário da Semed, Mauro Lippi.