11/05/11 | 18:21
Lançamento da 1ª Feira Tecnológica e Científica

A Divisão Regional Educacional (DRE) 4 realizou, nesta quarta-feira (11), a 1ª Feira Tecnológica e Científica do Ensino Fundamental – 6º ao 9º ano, na quadra do Complexo Raimundo Theodoro Botinelly Assumpção, localizada no Riacho Doce, zona Norte.

O objetivo do evento é incentivar as habilidades relacionadas à educação científica, através da elaboração e execução de projetos, valorizando a capacidade inventiva e investigativa dos professores e alunos da rede pública municipal em torno de temas de Ciência e Tecnologia.

Alunos e educadores de onze escolas municipais da zona Norte visitaram os 18 estandes de órgãos municipais, estaduais e federais que realizaram a exposição de seus trabalhos e serviços a toda comunidade escolar.

Segundo a Chefe da DRE 4, Karina Pirangy, os estudantes e professores visitaram todos os estandes para conhecer os projetos executados pelos órgãos e depois selecionaram os programas que deverão ser implantados e trabalhados em cada unidade educacional.

“Estamos proporcionando a essas escolas a oportunidade de conhecer os trabalhos de pesquisas de parceiros. O importante é que eles possam escolher o projeto que eles vão direcionar suas atividades dentro da comunidade escolar e, principalmente, obter resultados positivos em prol da própria comunidade”, citou.

A Escola Municipal Dr. Raimundo Nonato Magalhães Cordeiro, bairro Amazonino Mendes, zona Norte, selecionou o projeto ‘Desperdício de água’, da empresa Águas do Amazonas, e ‘Arte com papelão reciclado’, da Organização Não Governamental (ONG) Amigos da Natureza. Para a diretora Marilda Sevalho de Menezes, a escolha dos dois programas deve-se a semelhança de trabalhos realizados na comunidade escolar. “Foram os próprios alunos que apontaram os projetos. Nós temos um problema na comunidade com relação ao abastecimento de água e também procuramos conscientizar nossos estudantes sobre o reaproveitamento de material reciclado. Essa experiência será muita validade para todos”, comentou.

Os educadores da Escola Municipal Ulisses Guimarães, situada na Cidade Nova V, zona Norte, vão trabalhar com o projeto ‘Paz no Trânsito’, da Manaustrans. Para a pedagoga Maria Alves da Costa, os alunos terão a oportunidade se aprofundar mais ainda na questão do transito, pois a escola tem a preocupação de sempre realizar atividades sobre os cuidados que todos devem ter nas ruas do bairro.

“Vamos fazer uma conscientização com os nossos estudantes sobre os direitos e deveres, normas de trânsito em nossa comunidade, promover panfletagem, enfim, procurar a valorização da vida no transito que fica colocada de lado pela falta de consciência dos próprios pedestres”, destacou.

As onze escolas municipais voltam a se reunir em setembro para a exposição de seus trabalhos baseados nos projetos escolhidos pelos alunos e educadores.