06/08/12 | 16:36
INCLUSÃO DIGITAL É LEVADA PARA ESCOLAS DA ZONA LESTE DA CIDADE
Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação – MCTI e a Prefeitura de Manaus a cada dia que se passa honram com o seu compromisso dando às escolas de toda a capital amazonense salas informatizadas (TELECENTROS) para os alunos da rede de ensino.
Na última quinta-feira, (2), foram inauguradas mais duas unidades de Telecentros na Zona Leste da cidade, sendo um na Escola Municipal Alfredo Linhares  e outro na Escola Municipal Leonor Uchoa de Amorim, ambas localizadas no bairro São José I. 
A meta do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação – MCTI e a Prefeitura de Manaus é de inaugurar até o final do ano mais 105 unidades, totalizando assim, 219 Telecentros em toda rede municipal de ensino. Já foram 114 unidades entregues até o momento.

Para o Subsecretário  de Administração e Finanças da Semed, Luís Fabian Pereira, o Telecentro além de ser um espaço de pesquisa e desenvolvimento para o aprendizado é, também, um ambiente de entretenimento e diversão para os alunos e a comunidade.
“Com o Telecentro os alunos e a comunidade terão oportunidade de usufruir a internet de forma gratuita e segura, podendo usá-lo para: pesquisas de trabalhos escolares, acessar redes sociais, auxílio pedagógico de alunos especiais, acessar sites e blogs de acordo com suas necessidades, obter diversos cursos e receber sinal via wireless a uma distância de 400 metros da escola ”, explicou o Subsecretário.

Na Escola Mul. Alfredo Linhares, no bairro São José I, Zona Leste de Manaus, 615 alunos do 6º ao 9º ano serão beneficiados com as novas ferramentas tecnológicas.
Segundo a pedagoga da Escola Municipal Alfredo Linhares, Djanise Braga, o propósito do  Telecentro é oportunizar aos alunos e aos comunitários a inclusão digital.   
“Este ambiente irá propor aos alunos a pesquisa, a socialização o entretenimento e o conhecimento. Já aos comunitários  serão oferecidos diversos cursos e momentos de pesquisa. Os professores serão beneficiados também, pois terão este recurso tecnológico como uma nova ferramenta de ensino para desenvolver seus trabalhos de sala de aula”, afirmou a Pedagoga.
Moradora e mãe de aluno, Priscila Nascimento, diz que está contente por saber que escola vai poder lhe disponibilizar cursos na área de informática, pois ressalta que não tem muito domínio sobre área, mas tem vontade de aprender.
.
A Escola Municipal Leonor Uchoa de Amorim, também localizada no bairro São Jose I, Zona Leste de Manaus, atenderá 1500 alunos do 1º ao 9º  com as atividades do Telecentro.

“Com abertura do Telecentro a escola viverá um novo momento, momento esse que dará aos alunos e a comunidade a oportunidade de se fundir ao meio tecnológico que todos nós devemos estar inseridos”, destacou o gestor da escola Leonor Uchoa de Amorim, Ivan Maranhão. “Pais e alunos terão a oportunidade de usar a internet para melhoria e obtenção de conhecimentos sem precisar gastar dinheiro, podendo usar o espaço físico da escola de maneira organizada e responsável”, completou o gestor.