17/08/11 | 16:07
Inauguração do CMEI Antônio Anastácio Cavalcante

A autônoma Deusilene Menezes todos os meses desembolsava R$ 70 reais do seu orçamento para que a filha de quatro anos, a pequena Ana Beatriz, pudesse estudar. As aulas eram em uma sala improvisada na casa de uma professora. Essa foi a solução para suprir a falta de escola de ensino infantil no Loteamento Castanheiras, na Zona Leste da cidade. Mas, esse problema foi solucionado pela Prefeitura de Manaus na tarde de ontem com a inauguração do Centro Municipal de Ensino Infantil (CMEI) Antônio Anastácio Cavalcante.

“O que a gente esperava era isso: uma escola infantil boa dentro do nosso bairro”, disse Deusilene.

A escola já inicia as aulas amanhã (17), e vai suprir totalmente a demanda da comunidade. A nova unidade de ensino está equipada para atender 480 alunos de três a cinco anos em dois turnos, com uma estrutura de fazer inveja a qualquer colégio particular. São 10 salas climatizadas, quadra poliesportiva, parquinho e uma sala multifuncional que contém uma biblioteca e computadores com jogos educativos.]

A diretora do CMEI, professora Eugênia de Macedo que tem 13 anos de magistério, assume pela primeira vez o comando de uma escola. Para ela o sucesso da nova escola está condicionado ao apoio da comunidade.

“Eu ainda não tive tempo de ter contato com os pais e a comunidade, mas vou trabalhar com o apoio deles principalmente na questão de conservação da escola”, lembrou.

Em seu discurso durante a solenidade de inauguração do escola, o Secretário Mauro Lippi lembrou do compromisso do Prefeito Amazonino Mendes com a educação na cidade de Manaus. O Secretário ressaltou que Manaus tem a terceira maior rede municipal de ensino do país, ficando atrás somente de São Paulo e Rio de Janeiro.

“Essa é a 234º escola entre reformadas, inauguradas e reinauguradas de um total de 492 escolas que compõem a rede municipal de educação, que entregamos. Hoje,  nos temos 247 mil alunos. Isso é uma responsabilidade gigantesca, mas que para isso contamos com o apoio irrestrito do Prefeito Amazonino Mendes, tanto financeiro quanto moral”, afirmou Lippi.

Homenagem

O Superintendente dos Transportes Urbanos de Manaus, Marcos Cavalcante, esteve na inauguração para prestigiar o CMEI que recebe o nome de seu pai. Cavalcante lembrou a trajetória de sucesso de Antônio Anastácio Cavalcante que começou a carreira como barbeiro, passando por alguns cargos públicos e se aposentando como Procurador do Município.

“Meu pai dizia que enquanto amolava a navalha ele estudava para passar no vestibular de direito. Meu pai é umexemplo para esta geração” declarou.