11/08/16 | 16:00
Gide apresenta resultados e metas educacionais da DDZ Rural

_MG_7337A Gestão Integrada da Educação (Gide) apresentou, na manhã desta quinta-feira, 11, os resultados educacionais obtidos pelas escolas municipais localizadas na zona rural de Manaus no bimestre de 2016. Em relação ao ano passado, as unidades de ensino tiveram um avanço de 1,3% no número de acertos na Avaliação do Desempenho do Estudante (ADE), instrumento utilizado pela Secretaria Municipal de Educação (Semed) para medir a qualidade do processo de ensino e aprendizagem dos alunos.

O número, de acordo com a chefe da Divisão Distrital Zonal (DDZ) Rural, Edilene Pinheiro, é consequência do compromisso dos diretores e professores com a educação do campo, que mesmo com tantas dificuldades transporte, não se esquivam da responsabilidade de levar uma educação de qualidade aos alunos.

“É resultado do trabalho de todos. Dos diretores, dos professores, dos assessores pedagógicos e dos assessores da Gide. A nossa Divisão está mostrando toda a nossa dedicação com a educação do campo, que é hoje é realizada com excelência”, afirmou.
Para a coordenadora da Gide, Lucy Meire Braga, o cenário apresentado testifica que a DDZ Rural tem “tirado do papel” o plano de ação organizado junto aos diretores no início do ano letivo.

_MG_7385“A DDZ Rural tem mostrado um bom desempenho no desenvolvimento de suas ações. Isso dá um resultado positivo para a DDZ. Quando se tira as ações do plano e executa você obtém resultados favoráveis. O desempenho dos diretores, o compromisso dos envolvidos e o apoio da DDZ foram fundamentais, e os números mostram isso”, disse.

A Secretária de Educação, Kátia Schweickardt, participou da reunião, realizada na sede da DDZ Rural, no bairro de Vieiralves. Ela lembrou que a Semed vem trabalhando na melhoria da educação ao longo dos anos, mas que desde a implementação da Gide em 2014, as ações em prol do avanço educacional têm tido visualização em número, o que subsidia planos de intervenção.

“A Gide trouxe um modo de tornar visível aquilo o que a gente já fazia. Por meio desse programa de gestão a gente começou a ver em números o esforço que já fazemos em qualidade. E a partir desses números, podemos mostrar para a cidade, porque a agora por meio desses indicadores a gente consegue mostrar a força do que a gente faz”, falou.

A secretária ressaltou que a DDZ Rural é a divisão que possui maiores dificuldades, por se tratar da educação no campo e possuir características peculiares.

Texto: Thiago Botelho

Fotos: Lton Lúcio

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054