02/09/14 | 16:35
Gestores da Divisão Distrital Zonal Norte participam de reunião mensal

Gestores da Divisão Distrital Zonal (DDZ) 3, Norte, se reuniram na manhã desta terça-feira, 2, para discutirem assuntos pedagógicos e tirarem dúvidas sobre questões administrativas da rede municipal de ensino. O encontro aconteceu na Escola Municipal Sabá Raposo, localizada na Rua Santa Mônica, bairro Monte das Oliveiras.

Representantes dos setores de infraestrutura e gestão pedagógica da Secretaria Municipal de Educação (Semed) estiveram com os diretores.  Os programas federais desenvolvidos nas escolas, próximas avaliações e ações complementares para melhoria da educação estiveram em pauta. Além disso, alguns gestores fizeram solicitações de infraestrutura para suas unidades.

Gestora do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Eva Gomes do Nascimento há três semanas, Francisca Maria Gonçalves participou da primeira reunião mensal e contou que se sentiu acolhida. “Para mim esta reunião está sendo muito construtiva justamente por causa desta interação com outros gestores que ainda não conheço, e também para esclarecer minhas dúvidas e me atualizar sobre as questões pedagógicas e de infraestrutura das escolas”.

Para o gestor da Escola Municipal Nilton Lins, José Augusto Prazeres, a troca de experiência e a atenção dada a cada unidade contribuem para que as demandas dos gestores sejam solucionadas. “Com essa junção de questões, seja pedagógica ou administrativa, fica mais fácil de solucionarmos os problemas. Houve uma melhora muito grande com a programação da Gide Avançada, onde todas as pendências estão sendo resolvidas. Claro que alguns problemas ainda existem, mas dentro das questões do dia a dia, as coisas vão se resolvendo”.

O secretário municipal de Educação, Humberto Michiles, também esteve com os gestores e pôde esclarecer algumas dúvidas em relação a plano de carreira dos servidores e assuntos voltados ao processo de ensino-aprendizado.  Ele comentou, ainda, sobre os assuntos pedagógicos discutidos durante a reunião.

“Hoje vemos os assuntos educacionais sendo discutidos com mais força. É uma conquista da educação, fruto da conscientização de todo o segmento e da necessidade de focarmos o pedagógico, focarmos naquilo que é realmente a missão da escola: o processo de ensino-aprendizagem. A medida que a escola desviar esse foco, estaremos deixando de cumprir nossa missão e quando a escola não cumpre a sua missão, todos pagam um preço. A escola não pode perder de vista sua missão e objetivo primordial. O aumento das discussões de assuntos pedagógicos nas reuniões é algo que nos deixa bastante entusiasmados”, finalizou.

TEXTO: Luana Carvalho

FOTO: Lton Santos