27/02/19 | 11:33
Gestores da DDZ Sul participam de palestra sobre o papel da gestão escolar frente ao processo de ensino de ensino e aprendizagem

Nesta terça-feira, 26/2, 68 diretores de unidades escolares da Divisão Distrital da Zonal Sul (DDZ Sul), da Secretaria Municipal de Educação (Semed), participaram da segunda reunião mensal do ano, no Cmei Odete Puga, localizado no Petrópolis. A pauta principal do encontro foi a Prova Brasil e as ações que serão desenvolvidas para melhorar o processo de ensino e aprendizagem no ano letivo de 2019. Também foi tratado sobre as metas, orientações e encaminhamentos da chefia, a gerentes pedagógicos, administrativos e financeiros.

Renomeada esse ano para prova do Sistema Nacional de Avalição da Educação Básica (Saeb), a Prova Brasil é um meio de dar um retorno não apenas ao Ministério da Educação (MEC), ou às secretarias de educação, mas para a própria escola sobre a situação do aluno em relação ao conteúdo exigido para a série dele. Além disso, é um meio para que o próprio estudante veja a importância dos estudos. As possíveis medidas para a prova foram abordadas durante uma palestra ‘O papel da gestão escolar frente ao processo de ensino e aprendizagem e a avaliação Saeb’, proferida pela pedagoga aposentada, Lucia Maia.

“A prova chega à escola, a escola se prepara, mas o diretor tem um papel fundamental antes, que é incentivar os professores a destrincharem a prova e todos os descritores, para que eles possam no dia a dia do aluno trabalhar os mesmos tipos de questões”, completou a pedagoga.

A prova Brasil, assim como a provinha Brasil, entre outras, são avaliações macro e diagnósticas para justamente identificar a competência adquirida pelos alunos.

“A gente não faz a Prova Brasil somente para ter uma nota, ela é a consequência do trabalho desenvolvido durante o ano para aprendizagem do aluno”, explicou também o gerente pedagógico, Anderson Rodrigues.

As reuniões com gestores têm o propósito de alinhar as ações da Secretaria com as ações já desenvolvidas pelas DDZs. Como rendimento escolar e orientações técnicas-pedagógicas da Semed, questões de infraestrutura, administrativas, ações que ocorrerão no mês seguinte repassadas por cada DDZ a sua zona de atuação.

Segundo a diretora da Escola Municipal República do México, Lucy Meire da Rocha Braga, é um momento de socialização das informações, fundamental para a organização, em que as 68 escolas que fazem parte do DDZ Sul, interagem entre si, possibilitando uma troca de experiência.

“Esse encontro é importantíssimo, daqui nós somos orientados com as diretrizes para seguir a Semed, o que a secretaria exige, o que ela está colocando como novidade, aqui são dadas todas as orientações do que as escolas precisam seguir”, conclui a diretora.

Texto: Jéssica Salomão

Fotos: Cleomir Santos/ Semed

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054