25/07/19 | 16:07
Gestores da DDZ Leste assinam Pacto de Metas Educacionais

Gestores, professores e assessores da Divisão Distrital Zonal (DDZ) Leste 2 da Secretaria Municipal de Educação (Semed-Manaus), assinaram nesta quinta-feira, 25/7, o Pacto de Metas Educacionais. A ação, realizada anualmente pela Prefeitura de Manaus, ocorreu no Instituto Soka/Cepeam, localizado na zona Leste de Manaus.

A assinatura visa pactuar o cumprimento das metas assumidas entre a Semed e as escolas, bem como o desenvolvimento de planos e atividades que garantam o avanço da aprendizagem dos mais de 240 mil estudantes da rede, sejam as crianças em idade de creche até idosos da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

No último dia 12/07, o Prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto e a secretária municipal de educação, Kátia Schweickardt, assinaram o Pacto de Metas Educacionais em evento realizado no Parque do Mindu com a presença de todos os representantes das DDZs.

E partir de agora todas as escolas assinam e se comprometem com ações como as metas globais da prefeitura para a educação básica, como o avanço da nota 5,8 para 6,4 nos Anos Iniciais do Ideb e de 4,7 para 5,2 nos Anos Finais, para elevar a posição no ranking entre as capitais brasileiras.

Para isso, a chefe da DDZ Leste 2, Socorro Duarte, apontou que já são realizados em diversas frentes trabalhos para dar o maior apoio possível para as unidades de ensino. “Dentro do meio para alcançar essas metas, as escolas vão pensar em diversas alternativas para obtê-las. A DDZ atuará com um elenco de ações como formação para os professores, liberação de material didático através de mídia impressa e digital, assessoramento ostensivo na escola, in loco”, pontuou.

E como forma de apoiar essa visita in loco nas unidades de ensino, foram criados oito grupos de trabalho com escolas por territórios geográficos.

O presidente da Comissão de Avaliação e Monitoramento do Plano Municipal de Educação (PME), Carlos Augusto Sanches, contou que este plano é importante para a Secretaria. “Em linhas gerais ele é uma espécie de guarda-chuva da Semed. Por muitos anos a secretaria não tinha um plano que girasse em torno das diretrizes educacionais. A importância desse plano é que ele vai trabalhar questões como gestão democrática, educação infantil, alcançando até a educação superior, que o município contribui muito”, explicou.

Gestora há um ano na escola municipal Francisco Maia, Elizane Lavareda relatou que a escola já tem iniciativas que envolvem, inclusive, pais, alunos e professores.

“Estamos criando ações através de simulados, mobilizando pais e professores, reuniões por segmento. Criamos o ‘palanquinho do sucesso’, que busca trabalhar os gêneros textuais e os descritores que aparecem na Prova Brasil. Os estudantes estão bem comprometidos porque eles se sentem desafiados. Tem participado bastante, tem buscado aprender”, finalizou.

Texto: Alexandre Abreu
Fotos: Cleomir Santos

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054