13/03/15 | 9:15
Fundação Carlos Chagas vem a Manaus conhecer Educação Infantil da rede municipal de ensino

Durante toda esta quinta-feira, 12, técnicos da Secretaria Municipal de Educação (Semed) estiveram reunidos com representantes da Fundação Carlos Chagas (FCC), para apresentar o atual cenário da Educação Infantil na cidade de Manaus. A proposta é acertar uma parceria intermediada pelo Programa de Expansão e Melhoria Educacional da Rede Pública Municipal de Manaus (Proemem). Atualmente, a Semed atende a mais de 45 mil crianças na Educação Infantil.

O Proemem possui quatro vertentes de atuação e uma deles é a gestão, avaliação e monitoramento das ações pedagógicas da Semed. Neste quesito, é que a parceria deverá ser incluída. Segundo integrante do grupo pedagógico do Proemem, Maria do Livramento Galvão, a FCC terá a responsabilidade de sinalizar indicadores para a melhoria da Educação Infantil de Manaus, como estrutura de prédio, práticas pedagógicas e também o relacionamento entre família e escola.

“A Fundação Carlos Chagas tem renome nacional e foi indicada pelo BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) para verificarmos a possibilidade da parceria. A intenção é inserir na rede municipal de educação um sistema de avaliação, o Sadem (Sistema de Avaliação do Desempenho Educacional de Manaus), onde será incluída a avaliação da Educação Infantil”, explicou.

Galvão destacou, ainda, que os representantes da FCC vieram conhecer o cenário da Educação Infantil da cidade, para entender a rotina de trabalho e estabelecer um projeto de avaliação voltado para a realidade de Manaus.

Apresentação

A chefe da Divisão de Educação Infantil, Izânia Souza, afirmou que a parceria trará muitos resultados positivos para rede. De acordo com ela, a FCC avaliará educação voltada para as crianças de creches e Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis) da Semed. “Avaliarão de certa forma a infraestrutura, observarão se o método que o professor usa no processo de ensino é adequado para aquela faixa etária, se o desenvolvimento da criança está sendo respeitado. Esses são pontos cruciais para o aprendizado dos alunos”, disse.

Após conhecer mais a fundo os trabalho da Semed, a representante da FCC, Eliana Bhering, disse ter ficado impressionada com qualidade das ações da secretaria e afirmou que é necessário conhecer bem os anseios de Manaus para que seja proposto algo adequado e eficaz para a cidade.

“A minha avaliação foi muito positiva. Eu vi um grupo de pessoas muito motivado, já com produções de documentos importantes para educação infantil, com uma caminhada de reflexão e uma consciência muito grande das limitações e dos enfrentamentos que precisam fazer no seu dia a dia”, observou.

Funcionamento da avaliação

De acordo com a integrante do Promem, Maria do Livramento, a avaliação na educação não abordará o rendimento das crianças e sim os ambientes e os processos que estão inseridos na educação infantil de um modo geral.

“A avaliação será aplicada em forma de escala e a Fundação Carlos Chagas já faz este trabalho em outras cidades brasileiras. Por isso o BID nos incentivou essa reunião”, disse lembrando que a parceria ainda não está fechada. “A parceria não está fechada. Há apenas a indicação do banco para esta instituição. Estamos nos conhecendo para quem sabe haja uma parceria. O prazo que temos para execução do projeto de avaliação na educação infantil está previsto para o final de 2016 e início de 2017”, falou.

 

TEXTO: THIAGO BOTELHO

FOTOS: CLEOMIR SANTOS

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação (Semed)

(92) 3632-2054