19/07/13 | 17:42
Formatura Projeto Comunidade Digital

Projeto é uma parceria entre Semed e Cetam e proporciona curso básico de informática. As aulas são realizadas nos Telecentros das escolas municipais

As novas tecnologias e o acesso à rede mundial de computadores parecem ser ferramentas indispensáveis ao homem no século XXI, mas uma boa parcela da população ainda pode ser considerada “analfabeta digital”.

Preocupada com essas pessoas, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) em parceria com o Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam) contemplou 23 unidades educacionais, 46 turmas e um total de 585 alunos na primeira fase do Projeto Comunidade Digital.

Na manhã de hoje (19), foi realizada a entrega do certificado de conclusão do curso que teve carga horária de 80h. O evento foi realizado no Parque Municipal do Idoso e reuniu alunos, professores e contou com a presença do Secretário Municipal de Educação Pauderney Avelino.

O Subsecretário de Gestão Escolar, Deusamir Pereira, relata como a Escola Municipal Madre Tereza de Calcutá foi beneficiada pelo projeto e a importância do mesmo na vida dos alunos. “Na Madre Tereza as aulas começaram com 40 alunos e, ao final do curso, 27 pessoas estavam empregadas, entre eles um de 60 anos. Com isso, podemos perceber a importância da informática nos dias atuais”, lembrou o Subsecretário Deusamir Pereira.

Segundo a Diretora Presidente do Cetam, Joésia Julião Pacheco, o objetivo da parceria é criar oportunidade de qualificação profissional e que incluir as pessoas no mundo digital é o caminho. Para ela esse é apenas o início de um casamento que dará muitos frutos.

“Nesse primeiro momento estivemos em 23 escolas. Vamos expandir para outras escolas e essas que já fizeram o curso básico, vamos oferecer o curso avançado. Queremos inserir essas pessoas no mundo digital e ajudá-las a adentrar no mercado de trabalho”, disse.

Certificado

A primeira aluna a receber o certificado de conclusão do curso foi a serviços gerais da Escola Municipal Francisco Guedes de Queiroz, Edenir de Oliveira. Ela recebeu o canudo das mãos do Secretário Pauderney Avelino e disse que aos 51 anos está conhecendo um novo mundo, possibilitado pelo acesso à internet.

“Eu tenho computador em casa, mas nunca aprendi a, sequer, ligar ele. Agora conheci um novo mundo. Pesquiso muitas coisas na internet e também fiz uma planilha com os gastos mensais que tenho. Antes eu tinha que pedir do meu marido, agora não, faço tudo sozinha”, afirmou.

Dona Enedina Pereira, foi a aluna mais velha a participar do curso. Aos 72 anos ela recebeu o certificado de conclusão e menção honrosa por não ter faltado nenhuma aula e ser exemplo de superação.

“Eu aprendi a manusear, aprendi a usar o word e o Windows. Estou muito feliz porque agora eu mesma vou pesquisar os meus trabalhos da escola, porque eu estou no 9º ano na Escola Vicente de Paula. Antes pediu ajuda das pessoas agora eu vou fazer sozinha”, falou.