11/05/17 | 14:32
Festival Olímpico da Educação Infantil promove desenvolvimento educacional e psicomotor por meio de jogos e estudo de lendas amazônicas

Abertura do II Olimpico da Educação Infantil.CMEI. Padre Pedro. Fotos Cleomir Santos (26)Com objetivo de contribuir com o processo educacional e com o desenvolvimento psicomotor das crianças matriculadas na rede pública municipal, os alunos dos 116 Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis), da Secretaria Municipal de Educação (Semed), participarão, a partir desta quinta-feira, 11/5, do 2º Festival Olímpico da Educação Infantil, com tema “Lendas Amazônicas: contando nossa história”. A abertura do evento ocorreu com as unidades da Divisão Distrital Zonal (DDZ) Sul, no Cmei Padre Pedro Gabriel, localizado no Nossa Senhora das Graças, zona Centro-Sul de Manaus.

Este ano, o festival envolverá cerca de 40 mil crianças da Educação Infantil. Cada unidade de ensino realizará atividades, como: jogos de rugby, tiro com arco, golfe, chute Abertura do II Olimpico da Educação Infantil.CMEI. Padre Pedro. Fotos Cleomir Santos (7)ao gol e jogo de combate. Todos os Cmeis da Semed desenvolverão as temáticas de acordo com a realidade dos alunos e da unidade de ensino. Todas as sete DDZs da Semed realizarão programação abertura até o dia 2 de junho.

A subsecretária de Gestão Educacional da Semed, Euzeni Trajano, afirmou que a Educação Infantil é uma etapa muito importante para o desenvolvimento das crianças, por isso, o festival contribuirá para esse trabalho realizado pelos educadores na escola.

“É um trabalho que envolve uma participação coletiva de todos os Cmeis por divisões distritais da Secretaria, onde trabalham a imaginação, por meio das lendas, as crianças Abertura do II Olimpico da Educação Infantil.CMEI. Padre Pedro. Fotos Cleomir Santos (2)interpretam e trabalham a linguagem. É um processo que coloca a crianças como uma protagonista da sua aprendizagem”, citou.

Segundo o chefe da Divisão de Educação Infantil (DEI) da Semed, Alexandre Romano, o tema amazônico será desenvolvido pelos educadores de forma pedagógica com a realização do festival olímpico.

“As lendas contribuem para o processo de leitura do futuro aluno escritor e leitor”, explicou.

Festival

Abertura do II Olimpico da Educação Infantil.CMEI. Padre Pedro. Fotos Cleomir Santos (24)A abertura do 2º Festival Olímpico da Educação Infantil aconteceu nesta quinta-feira, 11/5, no Cmei Padre Pedro Gabriel, com a participação de 21 Cmeis da Divisão Distrital Zonal (DDZ) Sul, beneficiando mais de 6 mil crianças. Cada escola elaborará a sua programação para realização do festival.

No Cmei Padre Pedro Gabriel, bairro Nossa Senhora das Graças, foram mobilizadas 173 crianças do maternal e do 1º e 2º períodos, com as lendas do Boto Cor de Rosa, Guaraná, Curupira e Yara. Para diretora a Cinthia Willes Alves Câmara, essa é uma oportunidade para trabalhar com os alunos jogos temáticos.

Abertura do II Olimpico da Educação Infantil.CMEI. Padre Pedro. Fotos Cleomir Santos (70)“É um marco para Educação Infantil esse festival, até porque está despertando a cultura e os alunos conhecem algumas lendas. Foi trabalhado o emocional, o cognitivo e despertou nas crianças curiosidades por costumes de cada região”, disse.

O Cmei Dr. Fernando Trigueiro, bairro Japiim 2, realizará o festival no dia 31 de maio, envolvendo as 409 crianças do maternal 3 e do 1º e 2º períodos. Segundo a gestora, Rejane Regis, a escola trabalhará com 12 lendas amazônicas de forma pedagógica.

“As crianças vão trabalhar com pintura, história, contagem, dramatização, artes e no decorrer desse período vão adquirindo conhecimento. Cada período vai mostrar sua lenda para as outras crianças terem conhecimento de todas as lendas que foram desenvolvidas na escola nesse período”, reiterou.

Texto: Paulo Rogério Veiga

Fotos: Cleomir Santos/ Semed

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054