18/11/15 | 11:03
Feira expõe trabalhos científicos de alunos da rede municipal

IMG_2612Trabalhos científicos elaborados em sala de aula por alunos da rede municipal de ensino foram expostos nesta terça-feira, 17, no Centro de Convenções do Manaus Plaza Shopping. Ao todo, 53 projetos foram produzidos para a Feira de Ciências, Tecnologia e Educação Ambiental da Secretaria Municipal de Educação (Semed). No evento, o prefeito Arthur Virgílio Neto fez questão de visitar todos os stands e ouviu atento todas as explicações dos alunos.

O evento visa à socialização entre os alunos da rede municipal, assim como despertar em cada um a importância da pesquisa científica para a educação.

“Essa alegria toda, essa realização é um avanço. A secretária Kátia Schweickardt está tirando leite de pedra. No meio de uma crise feroz como essa e com quase nenhum gasto, está fazendo uma feira desse porte, mostrando o avanço intelectual das crianças estudantes da rede”, destacou.

IMG_2064“Em nenhuma cidade, em nenhum país, em nenhum Estado, se não resolvermos e avançarmos na educação pública, não desenvolveremos de verdade. O que alavanca o desenvolvimento é a educação sólida. Não devemos desistir da nossa educação”, salientou o prefeito.

Os 53 projetos foram divididos em 14 escolas da Educação Infantil; 14 escolas do 1º ao 5º ano; 14 do 6º ao 9º; três escolas da Educação de Jovens e Adultos (EJA) 1º segmento; quatro do EJA 2º segmento; três unidades de ensino da Educação Especial; e uma escola da Educação Indígena. Do total de projetos apresentados, dez foram escolhidos para representar a Semed na 12ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT), que acontecerá a partir do dia 23 deste mês, no Centro de Convenções do Amazonas Vasco Vasquez.

IMG_2429A secretária da Semed, Kátia Schweickardt, destacou que os projetos científicos, sendo bem trabalhados, podem incentivar ainda mais o interesse do aluno e descobrir novas ideias para melhorar a qualidade de vida da sociedade. Ela disse que o projeto tem como proposta fundamental incentivar a formação de pequenos cientistas.

“Isso à primeira vista, mas no fundo é um projeto que integra saberes e essas crianças estão mostrando que podemos fazer muita coisa com uma perspectiva transformada. Podemos reciclar, reutilizar, usar melhor a água, produzir energia das coisas mais incríveis”, explicou.

“Essas crianças perceberem o potencial que elas têm e como podemos fazer e produzir conhecimento, fazer ciência de qualidade, melhorar nossa qualidade de vida, nossa saúde, a partir apenas do conhecimento, da criatividade, da iniciativa e do compromisso dos professores e das famílias com a formação dessas crianças”, acrescentou a secretária.

IMG_2043A exposição
No local, o público pode acompanhar projetos sobre alimentação saudável, economia de energia, de água, sobre biodiversidade, entre outros temas.

A dona de casa Marcilene Salgado, 45, mãe da aluna Luane, que está no 3º ano da Escola Municipal Madalena dos Santos Costa, no bairro Novo Israel, contou que está satisfeita com os projetos que são feitos com os alunos da rede municipal.

“Fiquei contente quando a professora falou que ia ter esse evento e que minha filha participaria, pois meus três filhos estudaram, desde novos, em escolas municipais. Avalio a educação municipal como muito boa e a tendência é melhorar cada vez mais. Tiro pela educação que minha filha recebe hoje em dia. Estou satisfeita”, destacou.

As dez escolas com seus respectivos projetos que vão representar a Semed durante a 12ª SNCT são:

IMG_2650Educação infantil: Escola Municipal Eliana Braga de Souza com o projeto ‘O sol como fonte de Energia’; Escola Municipal Renata Holanda de Souza Gonçalves, com o projeto ‘E assim se fez a luz’;

1º ao 5º ano
Escola Municipal João Chrysóstomo de Oliveira, com o projeto ‘Benefícios e malefícios do sol: a vida por um raio de luz’; Escola Municipal Francisca Soares dos Santos, com o projeto ‘Caminhos da reciclagem’;

6º ao 9º ano
Escola Municipal Jorge de Rezende Sobrinho, com o projeto ‘Usina hidrelétrica e automação residencial’; Com o projeto ‘Locomoção: A mecânica do corpo, levou a Escola Municipal Rodolpho Vale.

EJA 1º segmento
Escol Municipal Deputado Ulysses Guimarães, com o projeto ”A banana no combate à prevenções de doenças’;

EJA 2º segmento
Escola Municipal Abilio Alencar, com o projeto ‘Aproveitamento sustentável da água dos condicionadores de ar na escola’;

Educação Especial
Escola Municipal Tancredo Neves, com o projeto ‘Vida, direito de todos’

Educação Indígena
Escola Municipal Santo André, que abordou o projeto ‘Amazônia, biodiversidade do rio Tarumã’.

Texto: João Pedro Figueiredo
Fotos: Deilson Lima

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054