26/09/11 | 15:47
Expotrânsito E.M. Thomás Meirelles

Um show de aprendizagem. Assim pode ser classificada a Expotrânsito, que foi realizada na tarde de hoje (21), na Escola Municipal Thomás Meirelles, no Bairro de Petrópolis. A atividade faz parte da Campanha Tô na Faixa, da Prefeitura de Manaus, e expôs os trabalhos desenvolvidos sobre educação no trânsito pelos alunos de 1º ao 5º ano da unidade de ensino.

O cenário da escola foi totalmente preparado para o evento. Logo no hall de entrada dois alunos, um vestido de semáforo e outro de faixa de pedestre, recepcionavam os visitantes. Os corredores sinalizados com placas e o chão pintado de preto davam a impressão que estávamos em uma avenida que levava ao local onde os trabalhos estavam expostos. Tinham maquetes, desenhos, redações, tudo relacionado ao tema.

Segundo a diretora da Thomás Meirelles, Professora Maria do Socorro Ibiapina, desde o início da Campanha Tô na Faixa, a escola está trabalhando o assunto com os alunos.

“Nós estamos trabalhando de forma transversal usando as disciplinas normais. E já percebemos que os alunos aprenderam a usar corretamente a faixa de pedestre em frente à escola. Hoje você pode perguntar para qualquer aluno sobre trânsito que ele sabe responder”, afirmou a diretora.

A aluna Shanayra Souza, 10, do 3º ano, comprovou isso. Ao ser questionada sobre como deve atravessar a rua, a resposta foi imediata.

“Aprendi aqui na escola que eu tenho que atravessar na faixa de pedestre para poder o carro parar”, disse.

Super Cidadão

O aluno Silas Ezequiel, 11, do 5º, se transformou no super-herói “O Super Cidadão” e percorreu, juntamente com seu amigo inseparável semáforo, todas as salas da escola explicando através da música como respeitar o trânsito salva vidas.

“Ser um Super Cidadão é respeitar o trânsito. Ser um Super Cidadão é fazer a diferença no trânsito. Ser um Super Cidadão é ajudar a melhorar o trânsito”, foi o recado do super-herói.

Premiação

Durante o evento foram premiados com brindes os alunos que tiveram as maiores notas nos quesitos: desenho, pintura, mensagem e redação. A aluna Fernanda Vitória, 7, do 1º ano, venceu na categoria desenho ao transformar o caminho dela de casa para escola em obra de arte.

“A professora me ajudou a desenhar o caminha da minha casa até a escola”, falou envergonhada.

Homenagem

No ginásio da escola os alunos cantaram parabéns pelos 10 anos de trabalhos desenvolvidos em pedagogia de projetos da Professora Soraya Freire. Ela já venceu sete prêmios nacionais em diversos temas como: drogas e educação indígena. Ao ver o seu trabalho reconhecido a professora não conteve a emoção.

“Eu sempre acreditei na educação. Eu sou uma sonhadora e sei que a educação não é só português e matemática. Os alunos precisam ser preparados como cidadãos”, disse.